Nesta semana que passou um tanto de foto de perfis do Facebook viraram girafas. Gordas, magras, sensuais, recatadas, atrevidas, sérias, alegres, haviam girafas para todos os gostos e ideologias, até uma travestida de Che Guevara eu vi.

Pois bem, essa sandice começou porque uma brincadeira se espalhou pelo Facebook na Austrália, Estados Unidos e, claro, também no Brasil. O desafio consiste em desvendar uma charada – a resposta deve ser enviada por mensagem privada para quem já está com a carinha de girafa. Se você acertar a resposta, ótimo. Se errar, tem que trocar a foto de perfil pela imagem do animal durante três dias. As pessoas que erram a trívia são facilmente identificadas. As que acertam? Recebem uma marcação no post.

427_2954-girafas

Veja como funciona a brincadeira:

“Eu tive que trocar minha foto do perfil pela foto de uma girafa. Eu tentei responder um desafio e errei.
Você quer tentar o desafio da girafa?
É assim: Eu dou pra você uma adivinhação. Se você acertar, manterá sua foto do perfil, mas se você errar terá que mudar sua foto por uma girafa por 3 dias. Quando for responder, responda só prá mim (inbox) pra não mostrar aos outros a resposta.
O desafio é o seguinte…: são 3 da manhã, a campainha toca e você acorda. Visitas inesperadas… São seus pais e eles estão lá para o café da manhã. Você tem geleia de morangos, mel, vinho, pão e queijos. Qual é a primeira coisa que você abre?
Lembre-se…. Escreva sua resposta inbox. Se você acertar eu coloco seu nome aqui, mas se você errar terá que mudar sua foto por uma girafa.”

O desafio está movimentando tanto o pessoal que o número de buscas por ‘giraffe’ registrou um notável crescimento, de acordo com o gráfico do Google Trends que avalia o tráfego de dados e temas que estão “bombando”.

Você virou Girafa?

Domingo do dia 20 de outubro quem morava até um raio de 2 km do Parque de Exposições de Bom Despacho teve uma grande surpresa a partir de 9 hs da manhã. Além do início do famigerado horário de verão, naquele dia a prefeitura havia concedido a organização de evento de carros com som de alta potência, poderem “guerrear” com suas máquinas estridentes e sons acima de 85 dB (o máximo permitido para não afetar a saúde humana). A loucura estava com autorização até 18:30, mas foi até 17:30 com a intervenção da PM que felizmente se fez presente e defendeu os interesses da coletividade.

caixa-som-automotivo

O que leva uma pessoa a colocar em risco sua capacidade de audição e ainda prejudicar outras pessoas? O som estava tão alto que ninguém por perto conseguia descansar o merecido domingo de repouso, ainda mais com 37 graus Celsius de temperatura na sombra.

E as músicas? Da pior qualidade que se possa imaginar, com versos que não dizem nada e quando diziam não levavam nenhuma mensagem que valha apena aqui uma gota de tinta. Total falta de respeito com pessoas idosas ou trabalhadores cansados que estavam a esperar o final de semana para seu deleite com a família.

O que fazer ? Na minha opinião o Ministério Público deveria interditar o Parque de Exposições para atividades dessa natureza e qualquer outra atividade que ponha em risco o sossego e tranquilidade dos moradores ao redor desse local. Segundo, a Prefeitura não deveria permitir jamais um evento que promova poluição sonora, feriu totalmente qualquer direito do cidadão.

Por fim, sugestão: aos colegas que gostam tanto de gastar fortunas nessas máquinas de guerra sonoras, sugiro fortemente que encontrem um lugar no meio do eucaliptal que tem entre Bom Despacho e Dores do Indaiá e façam ali seu espetáculo particular, pelo menos eucaliptos não têm ouvidos.

Pense nisso e respeito ao próximo!

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta