A montanha russa que foi 2008 chega na sua parada final

 

E pelo jeito vai continuar em 2009, pelo menos pelos primeiros meses do ano. Assim a Economia do Brasil e do mundo irão se comportar, num sobe e desce medonho. A última é o presidente da Nasdaq que promoveu um golpe de US$ 50 milhões. A Nasdaq é uma das bolsas de valores dos EUA e um ato como esse compromete as outras no mundo inteiro.

 

Em nossa cidade, se formos relembrar os fatos mais marcantes de 2008, não poderíamos deixar de comentar os 2 que mais movimentaram a nossa sociedade: processo eleitoral e as conseqüências da crise.

 

O processo eleitoral tomou corpo a partir de abril. Os partidos e grupos políticos da cidade, baseados em pesquisas realizadas na cidade, foram fortalecendo as alianças e estratégias para definir quais nomes seriam apresentados para candidatos à Prefeitura e à Câmara Municipal. Como sempre, muitos nomes foram cogitados, ao final o número de candidatos à vereador foi 30% inferior ao processo de 2004, as opções foram recheadas de nomes conhecidos, desconhecidos, pessoas que adotaram nossa cidade devido às suas atividades laborais, religiosos, enfim, uma festa da democracia, votos disputados um a um, campanhas de marketing e muita sofisticação, foi o que vimos. O mesmo não acompanhamos ao ver apenas 2 nomes para prefeito, a situação e a oposição. A estratégia da situação, representada pelo então prefeito Haroldo Queiroz foi simplória, “deixa o homem trabalhar”, uma enxurrada de obras invadiu a cidade e a zona rural. A estratégia da oposição foi mais simplória ainda, Vital Guimarães, que havia ficado em 2º em 2004, todos as outras forças políticas apoiando-o. O resultado já era esperado, mais quatro anos para a situação. Atualmente a enxurrada decorrente das chuvas na cidade, tem levado o asfalto e muitas obras realizadas no início do ano.

 

Para entendermos o próximo item, vamos relembrar 3 fatos na Economia Mundial: 1) a queda do mercado imobiliário americano, basicamente sem lastro financeiro; 2) o aumento do barril de petróleo, que segundo o presidente da Petrobras ficaria entre US$80 e US$120 já estamos em US$40,00 e 3) cancelamento de contratos de compra de minério-de-ferro e gusa pelos chineses, esse o fato mais marcante. Como o chinês parou de comprar gusa, o nosso parque siderúrgico ficou em uma difícil situação, os alto-fornos precisaram ser abafados e depois desligados, no final de novembro centenas de pessoas foram demitidas ou colocadas em aviso prévio no nosso município. O ferro-gusa é um produto com certo valor agregado, a instalação e manutenção de 2 siderúrgicas na cidade só é possível com o preço do gusa em condições aceitáveis. Além do mais a antiga fábrica de tecidos também reduziu em muito sua produção, o setor têxtil no Brasil inteiro tem sofrido muito com a concorrência externa, nossa fábrica é competitiva por possuir um dos seus insumos mais caros, a energia elétrica produzida há mais de 50 anos no Rio Lambari, mas nem isso salvou a indústria dos impactos da crise.

 

Durante o ano de 2008 apresentei aqui diversas entrevistas, a que mais teve resposta dos leitores foi a história do Luis Carlos, que era operador de alto-forno que através da sua capacitação, conseguiu sua recolocação no mercado.Para reforçar esse pensamento, domingo dia 21 de dezembro, no caderno Trabalho e Formação Profissional do Jornal Estado de Minas, a matéria de capa foi a crise, seus impactos e a principal saída: capacitar-se.

 

Segurem-se bem nessa montanha-russa que vai iniciar 2009, preparem-se, aprendamos com a formiga, que guardou o alimento para momentos difíceis no inverno vigoroso do hemisfério norte. Nesse caso o alimento é o conhecimento. O conhecimento liberta e promove o conhecimento, aliado é claro com a inovação.

 

Assim, em 2009, INOVE !

 

Rápidas & Rasteiras:

Enchentes, dengue e doenças tropicais: estamos vendo na TV os desastres em SC e até mesmo no nosso Estado, é bom lembrar as enchentes são causadas muitas vezes por lixo que entopem as tubulações de água de chuvas. Com tudo isso vem em seguida as doenças tropicais e o perigo da dengue. Por isso é importante manter as ruas limpas, ficar atento nas regiões sob risco e em caso de emergência chamar a Polícia Militar pelo telefone 190.

28 Presépios participaram: o Museu da Cidade, juntamente com seus parceiros, realizou mais um concurso de presépios. O número de participantes este ano foi maior que os anteriores. Na próxima edição do JORNAL DE NEGÓCIOS acompanhe para conhecer os vencedores.

Comércio fervoroso: quem visitou o comércio da nossa cidade no final de semana, percebeu que o movimento continuou até tarde da noite. Xô crise !

UNIPAC prepara 8 novos curós de pós-graduação: em convênio a ser firmado com instituto de educação, a UNIPAC Campus Bom Despacho tem programado ofertar no próximo ano 8 cursos de pós-graduação, nas mais variadas áreas de conhecimento. Acompanhe no site para maiores informações.

 

Ítalo Coutinho é Professor do Curso de Gestão Empresarial da UNIPAC, contatos para essa coluna pelo e-mail engenharia@saletto.com.br .

Posts Relacionados

Deixe uma resposta