Existe um certo preconceito ao fazer atividades de ajuda aos outros e lucrar com isso. Não existe nenhum problema em realizar uma festa no seu bairro, destinar a renda para a manutenção da sua escola e ainda ganhar dinheiro.

Isso se chama empreendedorismo social. O conceito é bem simples: é um nome dado a um conjunto de ações empreendedoras que visam à melhoria da sociedade, onde os empreendedores lançam mão de medidas que podem ser ao mesmo tempo lucrativas e sociais.

Na capital mineira, a UFMG promove a segunda edição do Impacte, programa de empreendedorismo social. O evento terá duração de 24 horas, com início em 1º de setembro. O Impacte tem como objetivo gerar impacto social por meio do fomento da educação empreendedora, tendo como público, universitários e instituições sociais que buscam se transformar por meio de metodologias empreendedoras e organizações do ecossistema mineiro de inovação.

Com o Impacte, 40 estudantes de diferentes cursos de universidades de Minas Gerais, trabalharão durante 24 horas seguidas na tentativa de solucionar o desafio proposto a uma instituição de caráter social, que porém, só será revelada no dia do evento. O encontro será realizado a partir das 14h, no Odara Café e Ofícios, que fica na Rua Arthur de Sá, 380, bairro União.

Iniciativas assim não geram apenas resultados financeiros, mas desenvolve as pessoas, colaborar para entidade que será beneficiada e cria um ecossistema empreendedor. Ações simples com resultados perenes e virtuosos.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta