(*) Título original: Bom Despacho completa 100 anos, autoria: Multicomunicador Sérgio Cunha

Bom Despacho… de Minas Gerais, do Alto São Francisco, tão acolhedora…Bom Despacho… da Praça da Matriz, do antigo coreto, da Cruz do Monte, da Tabatinga, da Rua dos Expedicionários, da Rua da Antena, do Larguinho, do Calabouço, da Pracinha, do Matadouro, do Arraial dos Lobos, Esplanada, do Campo de Aviação e porque não da Rua da Garça.
Bom Despacho… da Futrica, da Tinil, do Romeu das Latinhas, do Cláudio, da Cotinha e seu “café puro”…

Bom Despacho… do jornal O Bom Despacho, do Jornal de Negócios, da Rádio de Difusora, do radialista Roni Santos e sua “Cidade Sorriso”…

Bom Despacho… do Campinho do Padre, do Cascalho e do Cascalhinho, da Praça de Esportes, do Ipê Campestre, do Clube e das peladas na AABB (time do Ratinho x time do Tizil)…

Bom Despacho… do Ghariphe, do Dadi Lanches, do Gandauzz, do Village, das sedes de carnaval, do bar e Mercearia do Zé Mauro que se chama José Raiumundo, do Kitute, do Bar do João da Elza, local de muita prosa e cerveja gelada…

Bom Despacho… do Cristalino, do Operário, do Famorine, do América da Vila Gontijo, do Cruzeirinho do Divininho, da Associação e do Nascente do Carlinhos…

Bom Despacho… de Nossa Senhora do Bom Despacho, da Igreja Matriz, do padre Henrique, do padre Jaime, do padre Paulo (o empreendedor) e do padre Pedro, que abençoe a todos em nome do Pai…

Bom Despacho… do Sandro, do Tércio, do Túlio, do Alan, do Sérgio Tonelada, do Hilton Coruja, do Gláucio, do Leo Madeira, do Buba, do Bala, do Ítalo, do Frans, do Pepe, do Beto, do Breno e de uma centena de amigos…

Bom Despacho… da Aninha, da Constância, do Zé Pedro do Foto, da Silvia, da Sibele, da  Simone,  da Viviane, do Guilherme, do Felipe, da Mariana, da Carol, da Ana Cecília e todos da família Teixeira Cunha…

Sem eles, não estaria aqui pra contar: Bom Despacho entrou no hall das cidades centenárias. Parabéns pelos seu 100 anos! Um dia Bom Despacho vai conquistar o mundo!!!

Painel

 

Opinião do Especialista
Segurança da informação nas pequenas empresasQuando lemos alguma notícia ou assistimos determinada reportagem sobre segurança da informação, o primeiro pensamento nos leva a situações ocorridas em grandes empresas, com muitos funcionários e que isto nunca iria ocorrer em uma empresa de menor porte. Entretanto, o que ocorre atualmente é justamente o contrário: as médias e pequenas empresas têm sido fontes constantes de problemas relacionados com a segurança de suas informações, muito em função de não tomarem o devido cuidado em seu ambiente pela falsa sensação de que, pelo seu porte, estão imunes a ataques de usuários maliciosos.Alguns estudos mostram que a maior parte das empresas está vulnerável a problemas de segurança, ao mesmo tempo em que as ameaças virtuais (e reais) se espalham com velocidade assustadora nesses ambientes, especialmente naqueles menos dotados de uma boa infraestrutura de segurança. Apenas no ano passado, foram reportados ao CERT.br (Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil) mais de 399 mil incidentes envolvendo segurança.Neste sentido, é importante proceder com algumas mudanças no ambiente organizacional, buscando habilitar a empresa a gerenciar a segurança de suas próprias informações. A empresa deve criar e implementar certas regras de acesso a internet em seu ambiente, divulgando a todos os funcionários o que é e o que não é permitido acessar. A alteração frequente de senhas é outra sugestão de especialistas, bem como o não repasse de senhas entre funcionários de uma mesma empresa. O gerenciamento das redes sem fio da empresa deve ser executado com critério, pois uma rede mal configurada pode permitir, inclusive, o acesso indevido a arquivos. Faça cópias (backups) regulares dos dados da organização, pois somente medimos o valor desta cópia quando perdemos determinada informação durante o trabalho. Por fim, mas não menos importante, mantenha seus softwares atualizados, principalmente o antivírus e o firewall.Em se tratando de segurança, lembre-se sempre do velho, porém atual, ditado popular: “o seguro morreu de velho!“
Fale com o Especialista: Prof. Eduardo Melo /  educmelo@gmail.com

Nota do colunista: em outubro/2012 os textos voltam a ter notas do cotidiano de Bom Despacho.

 

Posts Relacionados

2 thoughts on “Bom Despacho completa 100 anos e ainda vai conquistar o mundo

Deixe uma resposta