Cabo eleitoral ganha até R$ 1 mil para pedir voto em BH

Juliana Cipriani – Estado de Minas

Leonardo Augusto – Estado de Minas

Publicação: 07/09/2010 06:48 Atualização: 07/09/2010 08:28

Jovens contratados pleos comitês de campanha tomaram os principais cruzamentos de BH - (LEO DRUMOND/NITRO e Beto Novaes/EM/D.A.Press)
Jovens contratados pleos comitês de campanha tomaram os principais cruzamentos de BH

Época de campanha política. Você dobra uma esquina, e alguém lhe entrega um santinho. Circula por uma praça, e vê um grupo balançando bandeiras estampadas com siglas de partidos e fotos de candidatos. Logo desconfia: “todos estão recebendo para fazer isso”. É verdade. As campanhas políticas se profissionalizaram. Pedido de voto, só com dinheiro no bolso, ainda que os comitês teimem em afirmar que trabalham apenas com “correligionários” ou “simpatizantes”, que não recebem nada pelo serviço, ou, ainda, se neguem a falar sobre o assunto.

Mais em: http://www.uai.com.br/htmls/app/noticia173/2010/09/07/noticia_politica,i=178410/CABO+ELEITORAL+GANHA+ATE+R+1+MIL+PARA+PEDIR+VOTO+EM+BH.shtml

Posts Relacionados

Deixe uma resposta