Passando pela periferia, pelo centro ou até mesmo pelas vilas e povoados, o que temos presenciado são calçadas sem árvores. Tempos atrás as ruas eram recobertas por copas de árvores de vários tipos. O ar fresco e o clima agradável ganhavam aliados poderosos.

Cortando arvore

Mas por que atualmente isso mudou? Conversando com algumas pessoas e até mesmo fazendo algumas hipóteses o que mais nos convence é o fato de que árvores podem danificar os passeios. Podem também afetar a rede elétrica, sujar as ruas e casas com suas folhas secas e até mesmo prejudicar a passagem de pedestres. Mas tudo isso justificaria?

Plantar árvores não é tarefa fácil. Além do mais a sua manutenção pelas ruas da cidade gera um custo para Prefeitura e Companhia Elétrica. Tudo poderia se equacionar se colocássemos nessa conta duas variáveis: reciclagem do material orgânico recolhido e plantio correto de espécies adequadas àquela região, rua, avenida.

O material orgânico recolhido, como por exemplo: galhos, troncos, folhas, poderiam sofrer um processo de secagem e alimentar caldeiras. Essas caldeiras poderiam gerar vapor e por meio de uma turbina apropriada gerar energia elétrica. Aqueles troncos maiores poderiam virar madeira para artesanato e móveis.

O plantio correto é um trabalho de conscientização da prefeitura e precisa respeitar alguns critérios. Para arborizar os passeios é fundamental considerar as questões estéticas relacionadas ao porte, à forma da copa, à caducifoliedade (queda de folhas de certas plantas em uma determinada estação do ano, geralmente nos meses mais frios), à floração e até às raízes, que podem levantar e destruir pisos, muros e construções. Também é importante verificar origem e adaptabilidade das espécies às condições de solo e clima. Quanto ao local para plantio de árvores nas calçadas, a arborização, como já mencionado, se acomoda melhor ao longo da faixa de serviço, onde as raízes ficam distantes de cercas e muros, não abalando suas estruturas.

A qualidade de vida de uma população passa por uma cidade corretamente arborizada. Quem não gosta de passear dia de domingo por uma rua toda recoberta por lindas copas? Colabora também para a criação de pássaros e insetos essenciais para a preservação da fauna e flora da cidade.

Vamos plantar uma árvore?

Este artigo contou com informações do site: Fórum da Construção

Posts Relacionados

Deixe uma resposta