Lembro-me como se fosse ontem quando toda a àrea em frente a entrada do povoado da Passagem na BR-262, já no município de Bom Despacho era todo coberto por matas.

Ali no fundo passa um rio, se eu não estiver enganado é o Rio Capivari.

Esse último final-de-semana (12 a 13 de maio de 2007) fui ao Sítio Dona Lizeta, localizado a 6 km do Povoado da Passagem.

Ao passar pela estrada que liga a BR-262 até a região conhecida como Êrmo em Bom Despacho, vi uma grande derrubada de mata, trator de esteira trabalhando no sábado às 9 hs da manhã.

Se os órgãos ambientais autorizaram o desmatamento, se Deus sabe lá como esta “licença para matar” foi liberada, não é aqui o fórum para essa discussão. Respeito órgãos ambientais como FEAM, IEF, Polícia Florestal (Ambiental), sei as dificuldades que eles passam para obter recursos do Governo, dificuldades de pessoal, mas nada disso justifica queimar uma área como aquela.

O município de Bom Despacho tem menos de 7% de seu território coberto com vegetação preservada, maior parte acompanhando os leitos dos rios. Pelo jeito querem diminuir mais ainda esse número.

Sobre a área em frente a entrada do Povoado da Passagem, existe ainda, sem o verde e com muito gado nelore.

Vejam fotos da carvoeira no acesso para a Passagem:

Posts Relacionados

Deixe uma resposta