Fazer previsão de início de ano é muito fácil. Mãe Diná que me perdoe! Mas tenho certeza que a inflação ficará ao final do ano entre 5 e 7%, pessoas públicas e famosas irão falecer, algum ditador irá cair, manifestações feministas e de ativistas ambientais irão ocorrer, muito político vai ser julgado e depois absolvido, gasolina vai aumentar de preço e blá, blá, blá….

Será que estamos nos acomodando? Será que a História é cíclica? Pois bem, existem fatos que podemos facilmente prever devido a registros e uma variedade de ocorrências anteriores. Como também depois ninguém irá nos cobrar, falar é fácil. Más vamos fazer uma tentativa mais responsável de Futurologia.

Antes da minha versão dos fatos, vejamos que em 1964 o célebre escritor Isaac Asimov (autor de Eu Robô e 2001: uma odisséia no espaço), depois de visitar a Feira Mundial de Ciência e Tecnologia, escreveu para o The New York Times suas previsões para 50 anos no futuro, ou seja, para o ano de 2014. Veja algumas de suas previsões:

•As janelas terão seus vidros cobertos por películas polarizadas para bloquear total ou parcialmente a luz solar. O grau de opacidade deste tipo de película poderá ser alterado automaticamente em função da intensidade da luz que incide sobre ele.

•Dispositivos eletrônicos serão aplicados nos utensílios de cozinha para aliviar o peso das tarefas cotidianas repetitivas e tediosas, tendo como destaque o preparo de “refeições automáticas”, como, por exemplo, cafeteiras, máquinas de panificação, etc. que prepararão o dejejum “automaticamente” bastando uma prévia programação na noite anterior.

•Além de almoços e jantares completos, com pratos semiprontos, disponíveis no congelador até que sejam necessários.

•Os robôs, embora já existam em 2014, não serão muito comuns. No entanto os computadores serão miniaturizados, e servirão como o “cérebro” dos robôs.

•Estarão em operação grandes estações de energia solar, principalmente em regiões desérticas e semiáridas, tais como o Arizona, Negev , Cazaquistão, etc.

•Também existirão projetos de estações de coleta de energia solar no espaço, por meio de enormes dispositivos com foco parabólico que irradiarão a energia, assim recolhida, para a Terra.

•Algas serão utilizadas para criar alimentos com alto teor proteico e que terão o sabor e a textura de um filé ou de um peito de peru.

•Os sistemas automatizados substituirão as tarefas repetitivas e o ser humano trabalhará menos e como consequência disso surgirá um transtorno psicológico relacionado ao tédio fazendo com que a psiquiatria seja de longe a especialidade médica mais importante.

Não é que ele acertou muita coisa? Mas e para os próximos 365 dias, o que podemos esperar?

Pelo lado da segurança nas estradas, podemos ter certeza que airbags que começam a ser obrigatórios a partir de janeiro já são grande avanço. “A exigência de air bag como item de série a partir de 2014 é uma vitória do consumidor, uma vitória do bom senso, uma vitória da vida”. A afirmação é do deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG), autor da lei 11.910/2009 que determina que todos os carros produzidos no Brasil saiam de fábrica com este equipamento como item de série. “Esta é uma lei a favor da vida dos brasileiros, pois está mais que comprovado que o air bag evita mortes em casos de acidentes graves”, ressaltou o parlamentar.

Copa fez mais barulho nas campanhas eleitorais do que em canteiros de obras. Com muito menos da metade dos projetos de mobilidade realizados, vamos ter um grande transtorno nos aeroportos, estradas, arredores de estádios e nas cidades-sede ou que abrigarão as seleções. De qualquer forma quem souber aproveitar as oportunidades de negócio se sairá bem, mas é preciso ficar atento e estar preparado.

Eleições Estaduais e Federais irão movimentar nossas cidades do interior. A infinidade de políticos que irão aterrizar literalmente em terras desconhecidas será impressionante, tudo para garantir a sua parcela de votos. Isso é parte do jogo eleitoral e dos interesses de quem está no poder. Muitas carinhas conhecidas e desconhecidas vão se tornar íntimos de todos nós. Tudo por um, mil, milhões de votos.

Feriados e mais feriados: para quem reclamou um 2013 com raros momentos de descanso, 2014 será até exagerado. Carnaval no início de março. Sexta da Paixão emendando com Tiradentes. Paralisações nas empresas para assistirmos aos jogos da Copa. A produtividade das empresas brasileiras vai sentir.

Seja bem vindo 2014! Para estrear a coluna no ano que se inicia, um singelo poeminha, ao som de EngHaw!

Chega de EUQUIPE no ano de 2014

Eu não sei reclamar!
Eu sei fazer.
Eu não sirvo para ficar calado!
Eu falo mesmo, com forma e conteúdo.

Mas o EU é limitado.
Mas o EU é fraco.
Mas o EU é nada.
Mas o EU falta muita coisa.

Por isso chega!
Chega de Euquipe
Chega de tudo sou EU
Chega de pensar individualmente.

É melhor pensar em conjunto.
Discutir em conjunto.
Buscar soluções em conjunto.
Fazer em conjunto.

Quando o eu muda para NÓS.
Quando o NÓS faz.
Quando o NÓS se une.
Muitos nós se desfazem.

 Pense nisso e Ótimos Projetos no 2014!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta