Empresas na cidade realizam seus objetivos através de projetos

 

As empresas estão entendendo que o uso do planejamento prévio de suas ações previne falhas e prejuízos futuros. Numa condição de fartura (abundância de recursos materiais e financeiros) ninguém se preocupa muito em programar as tarefas futuras, porém, como a cada dia as margens de lucro são muito reduzidas, as empresas não têm muito tempo a perder, e tempo é dinheiro. Pensando assim os líderes empresariais e gestores estão trabalhando por projetos, ou seja, empreendimentos com escopo definido, tempo limitado e custo estabelecido, associado a isso muita organização, monitoramento e controle.

 

A Escola Infantil Raio de Sol, localizada no SESC em Bom Despacho, realiza diversas atividades extra-curriculares para seus alunos. Uma delas foi o projeto de promoção de leitura, segundo Ana Maria Gontijo, diretora da escola, tudo nasceu de uma idéia e foi tomando forma até se tornar mais uma forma de levar o gosto da leitura para os alunos, as atividades consistiam em primeiro um comunicado aos pais dos alunos, em seguida os alunos eram convidados a pernoitarem na escola, com seções de leitura e diversão. O resultado final foi alcançado que se tornou marca registrada do plano pedagógico da escola, sucesso garantido devido ao prévio planejamento.

 

Bom Despacho vai receber mais uma indústria, segundo reportagem do Jornal de Negócios de 15 de junho, a fábrica de tintas da Maxvinil iniciará suas atividades em 2009, sua implantação foi toda baseada em diversos projetos, o primeiro deles o estudo de viabilidade, onde questionou-se o investimento realizado e quanto tempo os sócios teriam o retorno esperado, em seguida foi a procura de um local adequado para a nova unidade em Minas Gerais, “o plano inicial era construir a fábrica em Belo Horizonte ou Divinópolis, devido à necessidade de infra-estrutura e facilidade de distribuição. Mas em 2007 vislumbramos a possibilidade de montar a indústria aqui mesmo em Bom Despacho.”, comenta Eduardo Lúcio de Oliveira, um dos sócios do empreendimento. A expectativa é que a nova unidade seja a 5ª fábrica da Maxvinil no país, com sede em Cuiabá/MT.

 

No setor produtivo e cultural local podemos observar o sucesso obtido anualmente com a Feira da Cachaça, empreendida pelo SESC/MG e que conta com o apoio de empresas de realização de eventos. As primeiras feiras foram realizadas pela Frisa Produtora, “através do festival, pretendemos estimular os produtores a adquirir novos conhecimentos, a melhorar e expandir seu negocio”, informou Sérgio Lima – diretor da Frisa – em entrevista ao Jornal de Negócios em 2003. Nos últimos dois anos esse trabalho ficou a cargo da IB4 Comunicação e Marketing, as atividades para venda de estandes, convite a autoridades, palestrantes, infra-estrutura de som e iluminação, shows, pagamentos, publicidade e marketing, tudo foi tratado como um grande projeto, sem planejamento e gerenciamento o evento não sairia do papel.

 

Não podemos deixar de citar o projeto EDIÇÃO 1000 do Jornal de Negócios, que nada mais é que uma consagração de 999 projetos anteriores realizados semanalmente e que se não tivessem tido o devido sucesso não estariam semanalmente participando do cotidiano do mundo de negócios e social de Bom Despacho há mais de 15 anos.

 

Quer ganhar dinheiro, mas muito dinheiro nos seus negócios? Planeje agora, gerencie e colha depois os frutos.

 

Rápidas e Rasteiras:

Concurso de pontes na Engenharia da UNIPAC: a coordenação dos cursos de Engenharia da UNIPAC, Campus Bom Despacho, irá promover concurso de construção de pontes com utilização de palitos de picolé, “… o objetivo é incentivar a criatividade e espírito de pesquisa dos alunos.”, explica o coordenador Eng. Eletricista Marcelo Drumond, fará parte da programação da Semana de Engenharia de 2008.

 

Ponte Ferroviária está desbarrancada há anos: o Prefeito Haroldo Queiroz inaugurou o início da reforma da ponte entre BD e Dores no último dia 13, vale lembrar que uma das últimas pontes remanescentes da antiga Estrada-de-Ferro Paracatu continua de pé no Rio São Francisco entre também os municípios de Dores do Indaiá e Bom Despacho, próxima ao povoado da Garça e à antiga estação ferroviária Arthur Bernardes.

 

Vem aí a 12ª Feira de Pedras semi-preciosas e artesanato regional: entre o dias 5 e 7 de setembro irá acontecer mais uma edição da feira, os trabalhos estão sob a coordenação do empresário Júlio Benigno, mais informações pelo telefone (37) 3522-2553. O cartaz da feira foi elaborado pela estudante de design Isabel Hamdan, neta da D. Zeni Ribeiro.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta