Puxa vida! Ainda faltam 40 dias para o ano terminar e as baterias chegaram ao nível mais baixo. As ideias do que escrever e o que trazer de interessante na coluna semanal já não são mais as mesmas. Falta assunto, falta criatividade, acaba faltando de tudo.

Muitos estão dizendo que essa reenergização da virada do ano é apenas psicológica. E como é! Parece que ficamos esperando iniciarem as festas de final de ano para que as tarefas possam ser finalizadas ou postergadas para o ano vindouro.

Eu particularmente ainda tenho dezenas de assuntos para serem fechados antes de fazer o balanço de 2013, passar a régua, avaliar o que foi de positivo, o que precisa ser melhorado. Dentre essas tarefas ainda me restam projetos para finalizar, aulas para lecionar, palestras para apresentar, pesquisas para concluir, artigos para chegar em suas análises. Não é fácil!

Estou de olho nos próximos domingos, eles serão com certeza o momento para buscar recarregar um pouco as baterias e seguir adiante. O coração está forte, fui fazer meu check-up anual e tudo em dia. Mas ainda falta complementar com boas doses de atividades físicas constantes e bem feitas.

Vitruviano atarefadoSátira ao desenho de Leonardo da Vinci

 

 

Outro dia me deparei com a figura do homem Vitruviano, é um desenho do Da Vinci que segundo ele seriam as medidas do homem ideal. Meu colega engenheiro disse que parece uma pessoa fazendo exercícios de polichinelo. Para mim deu a ideia de uma pessoa fazendo muita coisa ao mesmo tempo.

Ao escrever o artigo desta semana matei a charada: muitas atividades ao mesmo tempo, isso tem consumido uma energia maluca. Estou precisando dividir o peso de carregar o piano, principalmente quando é preciso subir escadas com ele nas costas.

2014, chega rápido!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta