Que semana hein!

Para quem é fã de séries como Game of Thrones, Westworld ou House of Cards, o surrealismo dos últimos acontecimentos tem assustado muita gente. Mais uma vez, a leitura de fontes confiáveis sempre vale a pena, para não criarmos alarmes falsos e pré-conceitos.

Fidel, o presidente-ditador, ficou no poder mais de 50 anos. Os EUA, segundo fontes históricas, tentou por meio da CIA mata-lo por mais de uma dezena de vezes. Ficou no poder até quando a saúde permitiu. Depois simplesmente passou o trono para seu irmão. Se foi bom para Cuba ou não, o tempo dirá, por hora, ninguém por lá tem reclamado na Internet sobre o regime comunista.

Em Westworld (série televisiva da HBO) os robôs buscam ter consciência e os humanos já não morrem mais. A série se passa em um futuro, mas retrata nossas incompreensões com a vida. O direito do aborto a quem pertence? Aos 3 meses a vida não existe e pode o feto ser retirado da mulher? Como regulamentar o direito à vida? O Supremo Tribunal Federal decide que aborto até o terceiro mês não é crime.

Avião sem combustível não pode voar. Um jato sem impulso despenca imediatamente. Percorrer um trecho de voo aéreo no limite é suicídio e negligência. Somente a calorosa homenagem feita pelos Colombianos em Medelin para acalentar as famílias, amigos e torcedores. O voo no qual perdemos 71 vidas, mostra o surrealismo da irresponsabilidade.

Na madrugada de terça para quarta, enquanto muitos ainda tentavam compreender o acidente aéreo, a Câmara dos Deputados dá seu show de horrores. As 10 medidas contra a corrupção se ridicularizaram perante uma assembleia de deputados que somente se preocupavam consigo, qual a novidade?

Por menos semanas assim, por mais semanas natalinas neste mês de dezembro que se inicia. O 2016 tem sido um ano e tanto!

Amém!

#forçachape #forçafox

Posts Relacionados

Deixe uma resposta