Independência, sem morte e com modernidade

Nessa época do ano sempre somos convidados por jornais, sites e revistas a rever nossos conceitos de independência e o quão somos independentes, seja como cidadãos, país ou na nossa individualidade. O evento da quebra do sigilo fiscal da filha do candidato à presidência José Serra, deixa bem claro que apesar de toda a tecnologia existente e dispositivos de segurança, ainda somos muito dependentes do controle do Estado.

A verdade liberta, o conhecimento liberta, o que mais nos liberta? Mas, por outro lado, o que nos prende, o que nos torna dependentes?

Certa vez assisti uma palestra do jornalista Pedro Bial, perguntaram a ele qual seria o local do mundo onde ele percebeu que havia melhor qualidade de vida. Ele respondeu que seria Bruxelas, na Bélgica. Nesse local ele conseguia enxergar a independência das pessoas, a tranqüilidade financeira e o gosto pelas boas coisas da vida.

No último final de semana estive no festival de gastronomia de Tiradentes, por muitos momentos tive uma sensação de independência e pude ver a qualidade de vida dos turistas, dos moradores, daqueles que estavam ali apenas para o evento, enfim, um Brasil muito diferente do que costumamos ver em outras épocas.

Perguntei no Orkut do que queremos ser livres. A Chris comentou que Independência é algo muito amplo, o Raul disse sobre a separação definitiva da Religião do Estado e o Lucas citou “…quanto mais nosso conhecimento, mais facilmente cortaremos nossas amarras e nos tornaremos independentes”.

Estamos caminhando para um Brasil moderno? Até onde o desenvolvimento e a qualidade de vida são essenciais e sustentáveis no nosso dia-a-dia?

De qualquer forma, dia 7 de setembro vamos celebrar muito mais independência do que mortes (mortes causadas pelas desigualdades sociais, pelo fanatismo ou por outro agente nocivo à nossa liberdade).

Como diria Tancredo: “Mineiros, o outro nome de Minas é Liberdade!”

Assim, viva (no sentido de viver) o Brasil independente e moderno.

Rápidas e Rasteiras:

Bacia do Rio São Francisco: coordenador do curso de Engenharia Ambiental é nomeado como 1º Secretário do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Pará. Em solenidade em Divinópolis, no dia 31/08/2010, foi eleita a nova diretoria para o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Pará, Gestão 2013, na qual participaram membros do poder público estadual, poder público municipal, usuários das águas e sociedade civil para votação e eleição da nova diretoria. O Coordenador do curso de Engenharia Ambiental da UNIPAC Bom Despacho, Marcelo Drummond, foi nomeado como 1º Secretário do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Pará, gestão 31 de agosto de 2010 a 30 de junho de 2013.

Ciclismo: dia 26/09 teremos uma corrida de Mountain Bike, aproveitamos para convidar os ciclistas interessados para uma volta de reconhecimento do percurso neste dia 05/09, domingo, saída do Frango & Cia, ás 07:30 hs.

Meio-ambiente: O supermercado Fidélis está saindo na frente mais uma vez na questão ambiental. Voltará a ter no pátio a coleta seletiva e também está em fase de estudo a implantação de coleta de óleo de cozinha e pilhas e baterias usadas. Bela iniciativa que certamente irá beneficiar muito nosso meio-ambiente.

Sargento Caetano: voltou semana passada do Haiti, este atuando nas forças de paz do Exército Brasileiro naquele país, atualmente está em batalhão no interior de SP. Informações do Lúcio Emílio e do Rodrigo Pontes, via nova comunidade de Bom Despacho no Orkut.

SESC: Rinaldo Lara Peixoto é o novo gerente do SESC unidade de Bom Despacho. Rinaldo já está desenvolvendo as novas atividades que certamente serão bem aceitas na nossa cidade. Na última reunião da Câmara fora proposta uma moção de boas-vinda e votos de sucesso.

Dia do Advogado: o Rotary Club Bom Despacho-Arraial homenageou em sua reunião as advogadas Rita Alexandra Quirino (DAJ UNIPAC) e Fabíola Celeste Xavier (CAC – Câmara Municipal) pelos relevantes serviços prestados à comunidade bondespachense, principalmente aos mais carentes.

Björn Rödin: diferente o nome né? Trata-se do intercambista que reside na casa dos seus pais brasileiros Bizorrinho e Tânia. Estuda no colegio Millenium, tem 17 anos, chegou em Bom Despacho no último dia 04 de agosto e é natural da Suécia.

Polícia apreende cinco mil pares de tênis falsificados em Ceilândia: após uma denúncia anônima a polícia apreendeu cinco mil tênis na noite de domingo (29/8) em uma residência, em Ceilândia/DF. A equipe prendeu três homens que estavam na casa e seriam os responsáveis pelos produtos no momento do flagrante. Os calçados vieram de Nova Serrana/MG.

Engenheiro bondespachense na Usiminas: tive a grata oportunidade de lecionar na Unileste em Coronel Fabriciano, no curso de pós em Engenharia de Projetos Industriais. Na ocasião encontrei-me com o conterrâneo Ricardo Israel do Couto, engenheiro civil que trabalha na Usiminas, uma das maiores produtoras de laminados do mundo. Na foto abaixo o Ricardo é o primeiro da esquerda. Ele é filho do vereador e radialista Carlos Roberto do Couto.

Nova Comunidade Bom Despacho no Orkut: participe, deixe sua opinião, toda semana vamos trazer mensagens de lá para o Jornal de Negócios. Link: http://www.vai.la/Zw7

Este e outros artigos você encontra no blog HTTP://www.www.italonaweb.com.br

Posts Relacionados

Deixe uma resposta