* O título é uma provocação a recente artigo intitulado “BD tem que se articular para termos nossos deputados”, muito bem escrito, com o zelo do autor, mas que nos faz refletir: que tal resolver nossos problemas com mais sabedoria?

Acibom, Prefeitura, Câmara, Rotary, Lions precisam urgentemente focar na criação de um ambiente dedicado ao desenvolvimento de negócios inovadores. A Acibom já pode começar estabelecendo a comercialização de um co-working. Seria um local com acesso a Internet, infraestrutura mínima como banheiros, café, água, secretária, mesas de trabalho. Nada disso seria gratuito, haveria uma taxa para cada empreendedor interessado. Na capital mineira é um fenômeno e traz inúmeros benefícios.

Semana passada o SESC anunciou sua dificuldade em manter as instalações que temos na cidade. Não conheço a planilha de custos deles, mas tenho certeza que são valores consideráveis. Seria outro ambiente para favorecer o empreendedorismo e servir de laboratório para empresas que queiram se desenvolver, nas áreas de turismo, hospedagem, esporte, urbanismos, etc.

A UNA, recentemente instalada na cidade, junto com as coordenações dos cursos de Graduação, poderiam incentivar a formação de empresas júniores. Nessa iniciativa os alunos iriam explorar a vivência dentro de empresas simuladas, produzir ideias, novos negócios e assim gerar seus próprios empregos.

Não é uma tarefa fácil, é preciso costurar esta colcha de retalhos, levantar os interessados, resolver conflitos e assim tornar a cidade atrativa para iniciativas da economia social, criativa e colaborativa. Os empreendedores encontram a disposição uma cidade com recursos razoáveis de logística, dados, telefonia, locação de espaços e mão-de-obra qualificada.

Aproveito para dar os parabéns à coordenadora de Pós-Graduação Elaine Soares pela iniciativa de trazer para a cidade 6 especializações e 7 MBA’s. Nunca nossa cidade foi agraciada com tanta riqueza de conhecimentos e sabedoria multidisciplinar. Elaine ainda estabeleceu parceria e convênio com importantes empresas, onde funcionários e familiares poderão usufruir de descontos para quem quer continuar a estudar.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta