Pessoal do Gizmodo e Safer América apresentaram uma série de infográficos impressionantes de “O custo humano da Construção”. É um olhar surpreendente e, muitas vezes incalculáveis, quanto perigoso uma construção pode ser. A maioria dos projetos de construção mais mortais eram grandes projetos de infraestrutura no início do século 20. Como seria de esperar, os canais, ferrovias e túneis levaram os primeiros lugares com um enorme número de vítimas humanas.

O que é mais alarmante para mim, no entanto, é WTC – World Trade Center (Torres Gêmeas) em Nova York que foram concluídas em 1973; sessenta pessoas perderam suas vidas construção das duas torres, o que parece inacreditável que isso poderia acontecer nos EUA apenas 40 anos atrás.

1353837768777190576

 

Exemplo de Infográfico: pessoas mortas por 1000 trabalhadores. Fonte: Gizmodo

O Safer América, montou um grande site com uma linha do tempo que leva o usuário através de cada um dos projetos de construção. Os dados mostram que a construção se tornou mais segura nos últimos anos, e que faz com que o que está acontecendo no Qatar para a Copa do Mundo (torneio de futebol), de modo perturbador.

A Construção em Qatar para a Copa do Mundo de 2022 iniciou-se em 2012, e se a taxa de mortalidade atual para os projetos de construção continua como está tendendo, cerca de 4.000 pessoas são esperadas para perder suas vidas.

Uma estatística preocupante, com certeza. A partir de hoje, 1.200 trabalhadores já perderam suas vidas à exaustão de calor, longas horas, e más condições de vida em cima de condições “análogas à escravidão”. A Copa do Mundo Qatar já foi repleta de polêmica e parece que vai continuar.

Artigo original em: http://www.gizmodo.com.au/2015/07/the-worlds-deadliest-construction-projects-visualized/

Posts Relacionados

Deixe uma resposta