O Livro da Terra e O Livro da Água (parte 2 de 4)

five_rings_by_nitebytes

Imagem – representação em japonês dos Cinco Anéis.

Foi com 50 anos que Miyamoto Musashi finalmente alcançou seu objetivo de compreender os princípios do caminho, conforme escreveu na introdução do Livro dos Cinco Anéis. Por volta desta época, estabeleceu seu estilo, o Niten Ichi Ryu. No final de sua vida, sentindo a proximidade do fim, Musashi se isolou na caverna de Reigando, na ilha de Kyushu, onde ficou por 1 ano e oito meses deixando registrado seus ensinamentos para as futuras gerações. O resultado foi o Gorin No Sho, ou O Livro dos Cinco Anéis, como é conhecido no ocidente.

Como expliquei no primeiro artigo desta série, o livro é dividido em cinco capítulos, cada qual com seu respectivo elemento. No primeiro capítulo, chamado Terra, trata sobre o Caminho da Estratégia pelo ponto de vista do estilo Niten Ichi Ryu. Neste capítulo, Musashi diz que considerava difícil enxergar o Verdadeiro Caminho através apenas do treino com a espada, advertindo que devemos observar e conhecer as menores e as maiores coisas; as mais superficiais e as mais sutis e profundas. “Quando não puder mais ser enganado pelos outros homens, terá finalmente compreendido a sabedoria da estratégia.”, diz Musashi. Vislumbrando esses pensamentos sob a ótica dos negócios, significaria que a superficialidade na condução e tomada de decisões é o maior perigo que o empresário possa passar. O blefe e a sorte não podem ser para o homem de negócios sua constante saída. Entender profundamente do que ocorre em sua empresa é fortaleza para a condução dos trabalhos.

No segundo capítulo, o livro da Água, o autor nos diz que jamais entenderemos os princípios descritos lendo, memorizando ou imitando. A interpretação leviana nos desvia do caminho, portanto, se ao invés disso pudermos realmente sentir, deixar que tomem conta de nosso corpo, estaremos longe de erros. A rotina de ações estratégicas e sua melhoria contínua são amplamente traduzidas nos princípios de qualidade total do Japão pós-guerra. Como diz um velho ditado, “o uso do cachimbo é que entorta a boca”, insistir no dia-a-dia dos colaboradores para que os mesmos tenham hábitos produtivos é talvez o grande desafio das lideranças corporativas. Em resumo, cada um dentro da empresa precisa ter no seu íntimo a compreensão do seu trabalho, seus afazeres e objetivos em comum.

Acompanhe:

11/Nov: O Livro dos Cinco Anéis

21/Nov: O Livro da Terra e O Livro da Água

05/Dez: O Livro do Fogo e O Livro do Vento

19/Dez: O Livro do Vazio

Fonte da imagem e parte do texto: New York Magazine, 29 de junho de 1981, páginas 29 a 31.

Rápidas e Rasteiras:

Ciclo-Romaria: será dia 7 de dezembro, um dia antes do feriado municipal (8 de dezembro, terça-feira) quando se comemora o Dia de Nossa Senhora, os companheiros do pedal se preparem para os 60Km ou 120Km. A Ciclo-Romaria, como sempre tem percurso e horários diversos, para atender a todos: Percurso tradicional (Saída pelo CAIC, Ponte da Amizade, Leandro Ferreira, Conceição do Pará, Capelinha da Santa). Primeira saída às 7 horas, depois às 12 horas, 15 horas e a última saída às 19 horas (O Expresso Noturno). Mas lembrem-se, a pedalada será no dia 7 de dezembro, segunda-feira, mais informações com o Welington Resende (3522-2887).

Encontro de BD no Mercado Central de BH: foi nesse último domingo, dia da Proclamação da República. Por uma boa coincidência se encontraram na manhã de domingo o Serginho, André, Vicente Andrade, Welington Cabrito e eu. Depois da 4ª cerveja já havíamos resolvido todos os problemas da cidade, elegido uns 2 prefeitos e feito vários negócios. No mesmo dia também encontramos outros compatriotas fazendo compras no mercado.

Setor de tecnologia foi o mais afetado durante a crise internacional, diz Ipea: segundo o Boletim Radar, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a produção dos setores de média e alta intensidade tecnológica caiu 25% e os de alta tecnologia 17% entre setembro de 2008 e fevereiro de 2009.

Saúde: já começaram as Pré-Conferências de saúde nos bairros de nossa cidade que objetivam as discussões sobre a saúde de nosso município.Posteriormente acontecerá a Conferência Municipal que discutirá as propostas. É muito importante sua participação acompanhe e leve suas críticas e sugestões.

Música Caipira: quem está fazendo o maior sucesso é o José Raimundo Campos (Zé Raimundo do INSS). Apaixonado pela música caipira apresenta todo domingo um programa de altíssimo nível na Rádio Cidade sobre música caipira,que também retrata histórias do homem do campo.Muito bom para nossa cultura bondespachense e parabéns ao nosso pequeno grande Zé Raimundo.

Curso de Sargento: a PMMG entregou a comunidade mais um grupo de novos sargentos formados aqui em nossa cidade a formatura ocorreu  no último dia 19/11 no Ipê Campestre Clube tendo como paraninfo o Deputado Federal Jaiminho Martins. Cumprimentamos os novos sargentos.

Este e outros artigos você encontra no blog HTTP://www.www.italonaweb.com.br

Ítalo Coutinho é Professor e Coordenador do Curso de Gestão Estratégica de Projetos e Empreendimentos da UNIPAC, contatos para essa coluna pelo e-mail engenharia@saletto.com.br.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta