O livro dos cinco anéis: Go Rin No Sho – parte 1 de 4

samurai_executivo

Em 19 de maio de 1645 o mais venerado guerreiro samurai japonês, chamado Shinmen Musashi No Kami Fujiwara No Genshin (ou apenas por Miyamoto Musashi), morreu em sua caverna. Anos depois, em 14 de junho de 1980, um homem de negócios chamado J. Hamilton Coleman abriu um bar em Dallas, Texas, e bebeu brindando a Musashi. Qual o link? Nada mais que isso: Coleman havia planejado seu novo empreendimento de acordo com os princípios deixados por Musashi, que gastou os últimos dias de sua vida em sua caverna escrevendo sobre O Caminho que ele tinha descoberto, um modo samurai da estratégia que foi além das meras batalhas e endereçado a si próprio para a condução de sua vida. Os escritos de Musashi encontraram os homens de negócio da América em 1974, mas bem antes já era o livro de cabeceira dos grandes executivos japoneses.

O Homem de negócios Samurai – New York Magazine

Resumidamente os 9 PRINCÍPIOS DE MUSASHI são:

1- Não faça nada desonestamente.

2- O Caminho está no treinamento.

3- Familiarize-se com todas as artes.

4- Conheça os Caminhos de todas as profissões.

5- Saiba distinguir entre ganhos e perdas em assuntos mundanos.

6- Desenvolva julgamento intuitivo e entendimento para tudo.

7- Perceba todas as coisas que não podem ser vistas.

8 – Preste atenção ainda que aparentem serem ninharias.

9 – Não faça nada que não tenha qualquer utilidade.

Os seus escritos foram apresentados no Livro dos Cinco Anéis (Terra, Água, Fogo, Vento e Vazio), o que veio a se tornar a grande expressão da estratégia japonesa. O Livro de Cinco Anéis é imprescindível em toda bibliografia de artes marciais; porém a filosofia que o rege, influenciada pelo Zen, pelo Xintoísmo e pelo Confucionismo, pode ser aplicada a diversos outros setores da vida além das artes marciais. Por exemplo: muitos industriais e homens de negócios do Japão moderno a utilizam em sua vida profissional, inclusive dirigindo campanhas de vendas como se fossem operações militares, com a mesma energia que motivava Musashi.

Musashi é conhecido pelos japoneses como Kensei, ou “santo da espada”. Embora sua vida possa dar aos ocidentais a impressão de um homem cruel e impiedoso, Musashi esforçou-se inabalavelmente por atingir um ideal honesto, cuja verdade é transparente em O Livro de Cinco Anéis. Seu livro não apresenta uma tese sobre estratégias de luta e sim, nas suas próprias palavras, “uma orientação para os homens que desejam aprender estratégia”; e como orientação, como guia, seu conteúdo está sempre um pouco adiante da nossa compreensão imediata.

“A satisfação do carpinteiro é ver que seu trabalho não está empenado, que as juntas estão bem

alinhadas, que o plano de trabalho foi bem elaborado e tudo se encaixa, e que o acabamento não está limitado

a algumas sessões. Isto é essencial. Se você quiser aprender este Caminho, pense profundamente nas coisas aqui escritas, uma de cada vez. Será preciso estudar bastante antes de tomar qualquer decisão….” (Miyamoto Musashi).

Acompanhe:

11/Nov: O Livro dos Cinco Anéis

21/Nov: O Livro da Terra e O Livro da Água

05/Dez: O Livro do Fogo e O Livro do Vento

19/Dez: O Livro do Vazio

Fonte da imagem e parte do texto: New York Magazine, 29 de junho de 1981, páginas 29 a 31.

Rápidas e Rasteiras:

Recitais de Natal iniciam na cidade: dia 20 de novembro, a Escola de Música Dom Maior irá comemorar 14 anos de atuação em nossa cidade com o tradicional recital de final de ano com a participação de seus alunos. O evento será a partir das 18:30 hs no Clube Bom Despacho, centro da cidade. O Centro de Arte e Cultura é um dos realizadores e a Maxivinil Tintas o principal patrocinador e grande apoiador do evento. Mais informações com o Professor Boleka, telefone 3521-1612 ou 9113-4004.

Visita à Tróia: os ciclistas da cidade farão uma visita ao local onde será estabelecida uma pequena central hidrelétrica. Quem quiser saber mais como será o percurso e participar desta e outras iniciativas esportivas, deve procurar o Titão pelo telefone 8812-6557.

Pós em arte e cultura: Curso de Pós-graduação “Ensino e Pesquisa no Campo da Arte e da Cultura” recebeu diversas inscrições e até o fechamento desta edição foram classificados 25 alunos. As outras vagas não preenchidas deverão ser re-ofertadas, a coordenação do curso está avaliando essa possibilidade. O curso, que dá direito ao participante de ter o título de especialista, inicia dia 6 de novembro. Mais informações com a Secretaria de Cultura de Bom Despacho.

Grupo de Escoteiros de BH: visita nossa cidade. Trata-se do 107º GE de MG Coronel Vicente Torres Júnior, que reside na capital mineira. O objetivo da vinda a BD é para confraternizar com o grupo da cidade e conhecer nossos atrativos turísticos e históricos.

Brasileiros de menor renda estão viajando mais pelo país: o número de brasileiros que fizeram viagens nos últimos dois anos aumentou 83%, em relação ao total registrado entre 2005 e 2007. O crescimento ocorreu pela maior participação no consumo de pessoas das classes C e D.

Noite Italiana: o Rotary Club Bom Despacho Arraial agradece a todos que participaram do evento neste ano, que foi um grande sucesso.

Audiência da Saúde: nessa segunda bem participativa onde várias pessoas compareceram e levaram suas reivindicações, houve apresentação e debates de alto nível,isso é fundamental para que com a participação de todos possamos fazer uma Bom Despacho com uma saúde de melhor qualidade.

Comércio em Bom Despacho: passado o momento mais crítico da crise e iniciando o movimento para o Natal, vamos fazer campanha de valorização do comércio de nossa cidade.

Câmara Municipal: a agenda da está cheia e estão tramitando diversos projetos de interesse da comunidade que necessitam serem apreciados ainda este ano.Vamos acompanhar.

Viver a vida: todo santo dia buscamos colocar um tijolinho na parede da nossa existência. Tem dia que encontramos a pedra angular, aquela que faltava para fechar uma etapa importante, um marco. Em outros dias, tomamos um sopro enviesado e repentino do destino e muita coisa vai ao chão. Viver a vida é entender que de tudo tiramos boas lições, para assim podermos ser melhores conosco e com o próximo. Dedico essa matéria da semana ao amigo Sérgio (diretor da Rio Branco Materiais de Construção), pessoa que muito me ensinou nessa semana que se passou e me fez renovar votos e valores aprendidos nos nossos encontros com o Padre Jaime e o Grupo Roda Viva. Estou cada vez mais certo de que aqui se combate o bom combate que Cristo prescreveu.

Este e outros artigos você encontra no blog HTTP://www.www.italonaweb.com.br

Ítalo Coutinho é Professor e Coordenador do Curso de Gestão Estratégica de Projetos e Empreendimentos da UNIPAC, contatos para essa coluna pelo e-mail engenharia@saletto.com.br.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta