Os alunos estão ficando piores a cada dia que se passa

Charge: Diego – Jornal da Tarde – São Paulo/SP

ddd

Recentemente em uma turma de alunos vestibulandos de uma cidade do interior mineiro, que estavam finalizando o ensino médio, do total de mais de 30 alunos apenas 4 passaram na UFMG, a mais cobiçada universidade de Minas e a segunda no País. Perguntando a uma das alunas sobre sua tendência em leitura de clássicos da literatura brasileira a resposta foi bem simples: “nunca li um sequer”. Passar ou não passar na UFMG não é o melhor indicativo, o melhor indicativo é o que recebemos no mercado de trabalho: profissionais estão vindo cada vez mais despreparados e sem uma base de conhecimentos em matemática, português, cultura geral.

Talvez não estamos sabendo utilizar adequadamente os recursos tecnológicos que nos tem sido apresentados. A Internet é muitas vezes vilã na sala de aula: não é incomum encontrar alunos com notebooks ligados e viajando por outros mares. O professor até faz sua parte trazendo uma aula interessante, mas é uma necessidade dupla, quando falta uma das partes a outra falha. Tem o fato também da péssima remuneração da educação básica, reflete muito na qualidade e motivação das aulas. A máxima de que finja que está aprendendo que eu finjo que estou lecionando, é praticada com frequência e o resultado é trágico, alunos despreparados.

Vejo esse problema em todos os níveis de educação: ensino médio, superior, pós, MBA (?) , mestrado. Onde estão os bons alunos? Não vão mais à escola? Saber pesquisar no Google já é suficiente?

Arrisque você professor a cobrar do aluno uma leitura a mais, um estudo extra, a dedicação além da sala de aula, vai encontrar um sim sarcástico e frio. Ano passado assisti a uma palestra do Instituto de Empreendedores, em Madri (Espanha). Nessa escola não é possível o aluno pestanejar e ser escuso aos ensinamentos, as notas e consequentemente os certificados somente são entregues após a comprovação da participação do discente.

Explanar determinados assuntos, principalmente aqueles mais avançados, é uma aventura que precisa ser muito bem programada. Levar o conhecimento primário é fácil, avançar e querer algo mais é uma Odisseia.

Se estamos querendo um Brasil com crescimento sustentado e qualidade de vida não podemos aceitar o tipo de aluno encontrado atualmente em sala de aula. Raríssimos casos encontramos os dedicados e abertos para um diálogo enriquecedor.

A Educação é sem dúvida uma via para o desenvolvimento. Precisamos de mais escolas e de melhore remuneração para os professores, mas também precisamos urgente de melhores alunos. Estar na carteira escolar não é o suficiente. Está tudo errado, o aluno tem dito e agido que somente estar lá já vale os pontos e garante o aprendizado. O caminho não é esse, uma mudança é necessária.

Pense nisso e bons projetos.

 Rápidas e Rasteiras

Posse no Rotaract: no último dia 10 de fevereiro o Rotary Club de Bom Despacho Arraial re-fundou o Rotaract Club de Bom Despacho Arraial, empossando seus novos associados e o Conselho Diretor 2011/2012. Contando com a presença do Governador do Distrito 4760, Sr. Antônio Augusto Santos Nunes e de aproximadamente 200 convidados. O Rotaract Club de Bom Despacho Arraial é integrado por 21 jovens de 18 a 30 anos e  já vem realizando diversas campanhas em nossa cidade.

Nome dos atuais associados:
  • Ana Laura da Costa Oliveira
  • Diego Batista Vieira da Silva
  • Dieine César de Noronha
  • Fernando Campos Araújo Junior
  • Flávio Faria
  • Giliard Mateus Librelon
  • Humberto José Teodoro
  • Iara Alves Sousa da Silva
  • Jean César Rates Silva
  • Júlia Sousa Pereira Teodoro Vilela
  • Marcelo Ferry Couto
  • Marco Túlio Alves Machado
  • Marina Juscele de Sousa Silva
  • Marlene Daniela de Lacerda Pereira
  • Pedro Augusto Silva
  • Priscila Alves de Oliveira
  • Renata Cristina Azevedo Fernandes
  • Silvio César Silva
Participe você também: entre em contato pelo email: rotaractbd@bol.com.br ou pelo telefone 9956 2791.
Foto: dia da posse com os novos integrantes. Fotógrafo: Maria Luísa.
APAE 30 anos: as comemorações foram uma extensa programação desenvovida durante toda a a semana que passou. Parabéns a APAE, seus funcionários e corpo administrativo, seu trabalho é motivo de orgulho para nós bondespachenses.
COMAM: realizada com boa participação a primeira reunião preparatória para a estruturação das Associações de moradores de nossa cidade. Foi formada uma comissão que irá mobilizar as lideranças comunitárias. A ideia foi dividir a cidade em oito regiões para agregar mais bairros e fazer as regionais fortes e representativas. O próximo encontro será dia 01 de março às 19 horas no Centro Comunitário São José.
Carnaval 2012: os preparativos estão mostrando que teremos apenas artistas locais e o som do DJ Rogers (um dos melhores da região centro-oeste). Assim promete dias de muita alegria e diversão. Parabéns aos organizadores pela iniciativa: nossa cidade tem ótimos conjuntos e cantores que merecem ser divulgados.

Cadê as festividades dos 100 anos? O tempo está passando e as ações estão surgindo (quando surgem) de última hora. Há um ano atrás foi criada uma comissão e ainda falta engajamento da sociedade como um todo: PMMG, Escolas, Unipac, ACIBOM, CREA, Prefeitura, Câmara, Associações de Bairro, ABAP, Associações Sociais, Casas de Serviço, Empresários, bondespachenses ausentes, ex-prefeitos, políticos que aparecem somente em época de eleições. Vamos acordar pessoal !

 

Faltam 104 dias para Bom Despacho comemorar 100 anos!

  • Mais informações sobre o Centenário em:http:www.senhoradosol.com.br
100 anos/ 100 soluções:

  • 70 – Apoio aos grupos de jovens;
  • 71 – Fortalecimento das relações entre Faculdade e a cidade;
  • 72 – Campanhas de doação de livros;
  • 73 – Reforma e ampliação da Biblioteca Municipal.

Mande sua sugestão de 100 soluções para a cidade para o contato desta coluna, sua participação é fundamental!

 

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta