Desde 27 de junho que o pedágio na BR262 tem sido cobrado. A praça de cobrança fica localizada no município de Florestal, próxima ao Milhão, km 389 da rodovia. Trata-se de um dos pedágios que foram instalados em todo o trecho sob concessão da Concebra-Triunfo.

O valor inicial seria de R$2,85 (registrado à época do leilão da Concessão). Atualmente para carros de passeio tem-se pago R$4,00, este valor teria sido reajustado de acordo com as inflações dos anos de 2014 e 2015.

O investimento da concessionária tem sido alto para montar as bases de atendimento ao usuário, manter a rodovia, construção das praças de pedágios e pessoal para socorro e administração de toda a operação. Em Bom Despacho foi construído uma base de operações de manutenção e também um posto de atendimento ao motorista.

Os benefícios trazidos pela concessão tem sido questionados pelos usuários, uma vez que pagamos IPVA e outros impostos. A terceirização de um dever do Estado causa polêmica, e fica a pergunta: se pagamos tantos impostos, por que temos que pagar ainda o pedágio?

A expectativa agora é a continuidade da duplicação da BR262, trazendo segurança e maior locomoção até a capital BH. Nesta semana o Prefeito Fernando Cabral se reuniu com a UNIPAC-FACEB e empresários que têm seus negócios às margens da BR. O objetivo foi estudar vias alternativas para acesso a rodovia.

Sobre a praça de pedágio: os valores de cobrança do pedágio na BR-262 são de R$ 2,00 para motocicletas, R$ 4,00 para automóveis e R$ 8,00 para caminhões e ônibus. Para cada eixo adicional, o valor cobrado será de R$ 4,00.

 

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta