De quem é a responsabilidade da limpeza de lotes e terrenos urbanos? Somente os órgãos públicos devem fiscalizar e promover campanhas? O mosquito da dengue escolhe quem ele transmitir a doença?

As perguntas são provocativas e nos fazem lembrar da estação das chuvas que se inicia com a chegada da Primavera. Durante todo esse tempo seco muitas áreas na cidade acumularam lixo. Esses locais são ideais para a proliferação do mosquito da dengue e consequentemente o aumento dos números de casos dessa doença.

Certa vez escrevi que o número de casos da doença está ligado diretamente com a educação de um povo. Não tenho dúvidas disso. Cidades sujas e mal cuidadas são muito mais propensas em trazer os males causadas pela doença. Não é preciso andar muito por Bom Despacho e muito menos ficar postando foto, infelizmente em toda rua da cidade vamos encontrar descaso da população. A prefeitura tem seu papel fundamental, afinal o IPTU tem a taxa de varrição, mas existe uma capacidade de limpeza instalada e quando a população não colabora o caos é certo.

Empresas e entidades precisam compreender que quando um funcionário é acometido por esse mal ele vai ficar no mínimo 1 semana afastado, é seu Direito e ponto! Então, por que além das instituições do Estado, ninguém faz algo para combater a sujeira acumulada, terrenos baldios, lotes com foco do mosquito e lixo espalhado? Poderiam ser campanhas na comunidade ao redor onde a empresa está instalada. Se todos pensarem assim a cidade irá ganhar.

Além dos problemas com o temido mosquito (doença tropical!) as chuvas têm acontecido de uma só vez e essas pancadas têm sido perigosas. Esta semana uma linha de transmissão caiu próxima a São Gonçalo do Pará e matou eletrocutado um motociclista que por um infortúnio da vida passava naquele exato momento. Vale a pena conferir a estrutura dos telhados dos postos de gasolina, das escolas, casas, placas de outdoors espalhadas pela cidade.

Caso você encontre uma instalação insegura, ou mesmo uma construção em andamento, que pode com uma chuva torrencial causar estragos e acidentes, denuncie! Procure anonimamente o telefone 181 e registre queixa também no CREA-MG que deverá fiscalizar. Não deixe de registrar também na Secretaria de Obras da Prefeitura para conhecimento e ação. Parece complexo e burocrático, mas saber que algo foi feito, evitando tragédias, é gratificante.

Pense nisso e bons projetos!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta