Priorização de Projetos de Construção e Montagem traz benefícios ao empreendimento industrial
Critérios para ranking de projetos e uso otimizado de recursos
virtualization-cio-priority

Resumo
Ao realizar o planejamento de seus projetos, muitas empresas não priorizam ou não seqüenciam adequadamente as fases de construção e montagem, o que gera inconvenientes, atrasos e prejuízos. Historicamente os empreendimentos são atendidos conforme as demandas de frentes de obra ou segundo afinidade dos gerentes de projetos com as equipes e interesses internos (áreas de Suprimentos, Jurídico, Engenharia, Obras, Patrimonial, Recursos Humanos). A aplicação de estudos de priorização e seqüenciamento de carteira de projetos pode resultar em boas práticas na solução desse entrave.

Palavras-chave: priorização, AHP, construção, montagem, empreendimento, projetos, indústria

Pior do que ter um critério ruim é não ter critério algum

A falta de critérios de priorização de projetos pode gerar os seguintes inconvenientes:
•    Múltiplos objetivos simultâneos;
•    Incapacidade de decisão diante de múltiplas alternativas;
•    Critérios de resolução conflitantes;
•    Indefinições e incertezas quanto a o uso de recursos estratégicos e críticos;
•    Contextos multidisciplinares;
•    Critérios não-quantificáveis;
•    Entre outras complicações as quais as decisões deveriam ser tomadas com racionalidade.

Dentre alguns fatores que são críticos para o sucesso dos projetos, podemos citar a tomada de decisão no momento correto. Assim, estabelecer uma Matriz de Prioridades traz benefícios para o desenvolvimento dos projetos e propicia a tomada de decisões efetivas. Essa matriz, por sua vez, deve suportar e refletir os objetivos do projeto, bem como respeitar sua ordem de prioridade.

Urgência x Prioridade
Boas práticas de priorização e seqüenciamento de projetos de construção e montagem são importantes para definir claramente a forma de atuação da administração do empreendimento e onde os esforços deverão ser empenhados. Projetos com seqüências e prioridades bem definidas são também melhor gerenciáveis, uma vez que apresentam condições de direcionamento de esforços ao objetivo estratégico mais importante no timing correto e, se bem executado, reflete em redução de custos.

O objetivo da priorização e seqüenciamento de projetos para empreendimentos de Engenharia e Construção para  empresas construtoras e montadoras é reduzir custos. Não há dúvida quanto a isso! A coleta de dados e a sistematização dessas ações podem ser conhecidas e entendidas para aplicação em projetos similares. Resultados satisfatórios podem ser obtidos com essa prática e tendem a contribuir com uma melhoria da aplicação de recursos empresariais.

imagesProjeto de Construção e Montagem em Angra 3 – RJ

A avaliação sem critérios do que é urgente (tudo aquilo que muito provavelmente não foi planejado) e tudo o que se demonstra prioridade (é o que não for feito irá gerar mais prejuízos) sempre irá emergir do conhecimento empírico do gestor de obras. Mas o que fazer quando este profissional não se faz presente? Jogar dados poderia ser uma boa, isso não é nada diferente do que muitos fazem, talvez seja até mais eficiente, pelo menos assim algum critério fora aplicado.

Não dá para ser irresponsável com ações que demandarão tempo e dinheiro, muito dinheiro, por sinal, ao avaliarmos o tamanho dos empreendimentos. Técnicas de priorização já são conhecidas há algum tempo e, aliadas a conhecimentos empíricos dos profissionais envolvidos e dados históricos de projetos, podem muito bem ser aplicadas para determinar urgência e prioridade.

Métodos de Priorização
Priorização de Seqüenciamento de atividades é importante para permitir a elaboração de planos de implantação e solução de problemas. Uma das técnicas indicadas é a matriz B.A.S.I.C.O. que considera os Benefícios para a organização; a Abrangência de pessoas beneficiadas pela solução; a Satisfação dos colaboradores; os Investimentos necessários; os Clientes e o efeito que a solução terá neles; e a Operacionalidade da solução.

Para tomar decisões complexas não necessitamos de formas mais complicadas de pensar, necessitamos sim de ferramentas que nos permitam analisar problemas complexos de maneira simples.

O Sistema de Priorização AHP tem a seguinte rotina:
•    Mapear o processo de AHP – Analytic Hierarchy Process;
•    Identificar uma estrutura para desdobramento das etapas para atingir metas de portifólio;
•    Estruturar um modelo em sistema de ponderação para alinhamento do portifólio;
•    Padronizar e treinar as equipes.

O método AHP – Analytic Hierarchy Process pode ser descrito como uma modelagem através de estrutura hierárquica no qual contempla objetivos, critérios e alternativas (Árvore de Decisão), processo para cálculo das preferências entre componentes da árvore, processo de síntese multilinear, método desenvolvido a partir da Teoria dos Jogos. O AHP é mundialmente utilizado por empresas de distintos setores em diversas aplicações e um importante método de linha de pesquisa com mais de 3.000 trabalhos (teoria e prática) publicados.

O método de AHP pode ser analisado de acordo com os seguintes aspectos:
•    O AHP é uma teoria de medição através de comparações em pares e confia no julgamento de especialistas para obter escalas de prioridade. As comparações são feitas utilizando uma escala de decisões absoluta que representa quanto mais um elemento domina o outro no que diz respeito a um determinado atributo.
•    As comparações podem ser inconsistentes. Como medir a inconsistência e melhorar as decisões é uma preocupação desse método.
•    As escalas de prioridade derivadas são sintetizadas através da sua multiplicação com os nós ancestrais, depois é feita uma soma desses valores.

Resultados Alcançados
Podemos concluir que o Sistema de Priorização é capaz de alinhar a Carteira de Projetos da área de construção e montagem às diretrizes da empresa de modo a direcionar os recursos aos projetos prioritários e, dessa forma, obter previsibilidade de desenvolvimento e conclusão dos projetos.

Consolidar a avaliação dos projetos, permite à companhia alinhar seu Portfólio aos seus objetivos prioritários segundo sua estratégia. Dessa maneira, a equipe de gerenciamento consegue enxergar quais projetos necessitam de tomadas decisões imediatas com maior segurança.

Priorizar o portfólio de projetos é fundamental para o sucesso dos empreendimentos em empresas com projetos complexos, alto custo, diversas partes interessadas, prazos dilatados e características técnicas e construtivas desconhecidas ou restritas.

 Colaboração

– Victor Carvalho, Engenheiro.

Referências

Aguarón, J. and Moreno-Jiménez, J.M., The geometric consistency index: Approximated thresholds, European Journal of Operational Research 147 (2003) 137-145.

Chu, A.T.W., Kalaba, R.E. and Spingarn, K., A comparison of two methods for determining the weight belonging to fuzzy sets, Journal of Optimization Theory and Applications 4 (1979) 531-538.

Golden, B.L. and Wang, Q., An alternative measure of consistency, in: Analytic Hierarchy Process: Applications and Studies, B.L. Golden, E.A. Wasil and P.T. Hacker (eds.), Springer-Verlag (1990) 68-81.

GOMES, L. F. A. M. Teoria da Decisão. São Paulo: Thomson Learning, 2007.

GOMES, L. F. A. M.; ARAYA, M. C. G.; CARIGNANO, C. Tomada de Decisões em Cenários Complexos. Rio de Janeiro: Pioneira Thomson Learning, 2004.

Saaty, T.L., Fundamentals of Decision Making, RSW Publications, 1997.

Standard, S.M., Analysis of positive reciprocal matrices, Master’s Thesis, Graduate School of the University of Maryland, 2000.

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta