Qualidade de vida no município também tem muito a ver com EMPREGOS. Existindo o planejamento de parques industriais e incentivos para a Agropecuária, muito se pode fazer. Não resolve muita coisa oferecer centenas de vagas, atrair pessoas de vários locais do país e tornar tudo isso uma grande desordem.

Um exemplo para isso é a vinda de imigrantes sírios e haitianos para o Brasil. Mesmo com nossas dificuldades, acabamos suprindo postos de trabalhos Com os estrangeiros. Em alguns casos, principalmente São Paulo, essas comunidades que se formam têm entrado em conflito com os moradores locais, afinal são culturas e maneiras de viver diferentes.

Para que possamos gerar mais oportunidades de trabalho e atrair investidores precisaremos ter em nossa cidade: planejamento e regras para as empresas que queiram se desenvolver por aqui; suprimentos de matéria prima por meio de uma rede logística adequada; mercado consumidor e a presença do Município fiscalizando e cobrando a Ordem Pública.

Como já dito em artigo anterior aqui no Jornal de Negócios, o transporte de bens e mercadorias tem se facilitado por meio dos corredores logísticos estabelecidos (Estrada do Pica Pau por exemplo). Recentemente a Prefeitura informou a vinda de uma fábrica de aviões para a cidade, outra conquista importante para a cidade e que irá atrair investimento, mão de obra qualificada e novas oportunidades.

Prefeito Fernando Cabral e o avião que será construído em Bom Despacho/MG
Prefeito Fernando Cabral e o avião que será construído em Bom Despacho/MG

Afinal, se quisermos realmente ser a 4ª melhor cidade para se viver precisaremos gerar empregos, tanto para a Zona Rural quanto para os moradores da cidade.

 

Drones na Engenharia: dia 20, próxima sexta, estarei na Faculdade Alis de Bom Despacho falando sobre esses robozinhos que voam. A ideia da palestra será demonstrar como eles podem ser muito úteis para os trabalhos de engenheiros. Inscrições e mais informações com o CEASF, 3522-7609.Treinamento na Prefeitura: dia 21 será com a equipe de Compras na parte da manhã e a turma da Manutenção na parte da tarde. Um dia inteiro de muita troca de experiência e conhecimentos sobre Compras Técnicas e Manutenção de Frotas. Inscrições somente para funcionários do Município, procurem a EFESP.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta