Foto:  Quaresmeira, também conhecida como cuipeúna, manacá-da-serra, flor-de-maio, flor-da-quaresma, jacatirão-de-capote e pau-de-flor.

Foi aberta, na tarde desta Quarta-Feira de Cinzas, a 49ª Campanha da Fraternidade (CF), cujo tema é “Fraternidade e Saúde Pública”, com o lema “Que a saúde se difunda sobre a terra”.  Indiferente de credo o tema de 2012 traz mais uma vez à tona um grande problema que não só nosso País vive, mas outros de menor ou maior posição no ranking de desenvolvimento.

Levar o direito garantido por Constituição de saúde e atendimento pelo Estado é um grande desafio para os governos no Brasil e com certeza vai se estender por mais tempo. Não cansamos de ver hospitais em condições precárias em todos os Estados da Federação, especialmente naqueles mais pobres e afastados dos holofotes.

Para o católico o período que se iniciou após o carnaval e vai durar 40 dias, chamado de Quaresma, representa um momento de reflexão e atenção às suas atitudes como ser humano e vivente em comunidade. Representa o período que o próprio Cristo viveu afastado e sofreu tentações mundanas.

Nesses quarenta dias é feito um convite de abdicar daquilo que desejamos e que nos apoiemos na reflexão para melhorarmos de vida, a nossa e a do próximo. Garantir Saúde a todo brasileiro é com certeza um dos grandes problemas enfrentados por católicos, ateus, outros seguidores de religião.

A Saúde Pública no Brasil teve grande avanço com a criação do Sistema Único (SUS) e agora precisa se tornar mais preventiva e próxima das camadas mais pobres da população. Esse direito vem nos fazer refletir da importância de qualidade de vida, uma vida abundante e saudável, sem sofrimento.

Deixar de realizar nossos desejos carnais em 40 dias é relativamente muito fácil comparado a aguentar um sistema falho de saúde onde muitos morrem por ineficácia e ineficiência devido a motivos célebres como falta de médicos, pessoal qualificado, medicação, condições mínimas de funcionamento do centro médico e outras barbáries que nos aproximam de um tempo medieval.

Esperemos que nos próximos 40 dias até a Páscoa os governantes se abdiquem do desejado status quo e lutem por uma condição melhor de Saúde Pública no país. Não vamos conseguir dar uma boa educação se alunos e professores chegam doentes em sala de aula. O mesmo para os demais trabalhadores: somente vamos ter o desenvolvimento esperado com pessoas saudáveis e alto nível de qualidade de vida.

Pense nisso e bons projetos !

 

Rápidas e Rasteiras (fonte: Agência Brasil de Notícias)

 Índice de mortalidade materna de 2011 pode ser o menor dos últimos dez anos: no primeiro semestre do ano passado, foram registradas 705 mortes maternas, ante 870 no mesmo período de 2010, com queda de 19%. O cálculo de todo o ano de 2011 ainda não foi concluído, mas o Ministério da Saúde espera a maior queda da mortalidade materna dos últimos dez anos. Morte materna é a que ocorre devido a complicações durante a gestação ou até 42 dias após o fim da gravidez, e quando provocada por problemas como hipertensão ou desprendimento prematuro da placenta, ou por doenças preexistentes

 

Empregadores podem consultar ficha de candidatos para contratar: o Tribunal Superior do Trabalho (TST) divulgou hoje (23), decisão tomada por unanimidade no dia 8, que as empresas podem fazer consultas no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), na Centralização dos Serviços dos Bancos (Serasa) e em órgãos policiais e do Poder Judiciário antes de contratar empregados

 

Capacidade de geração de energia cresceu 4% no ano passado: em 2011, capacidade instalada de geração de energia atingiu 117.134,72 megawatts, com aumento de 4% em relação a 2010. Segundo a Aneel, predomina no país a energia gerada por hidrelétricas, responsáveis por 66,91% da capacidade instalada.

 

Faltam 97 dias para Bom Despacho comemorar 100 anos!

  • Mais informações sobre o Centenário em:http:www.senhoradosol.com.br
100 anos/ 100 soluções:

  • 74 – Redesenho do trânsito da cidade;
  • 75 – Campanhas de educação no trânsito.

Mande sua sugestão de 100 soluções para a cidade para o contato desta coluna, sua participação é fundamental!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta