Num mundo onde a cada dia nos deparamos com calamidades cometidas por aqueles que deveriam pensar no bem-estar comum, fazer um caríssimo congresso mudaria o mundo?

Em 1992 a ECO92 trouxe ao Rio de Janeiro 108 países para discutir os problemas ligados à biodiversidade, os impactos das nossas políticas de desenvolvimento ao meio-ambiente e as medidas para preservar o planeta para as gerações futuras. Naquela época mais de 100 chefes de Estado
representaram 5 bilhões de habitantes do planeta Terra. 20 anos depois, 2012, a Rio+ 20 chega ao Brasil com metas muito mais audaciosas para conter o consumo desenfreado de 7 bilhões de terráqueos.

A Conferência das Nações Unidas sobre
Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, começou a ser realizada de 13 a 22 de
junho de 2012, na cidade do Rio de Janeiro. A Rio+20 é assim conhecida porque
marca os vinte anos de realização da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente
e Desenvolvimento (ECO92) e deverá contribuir para definir a agenda do
desenvolvimento sustentável para as próximas décadas. A proposta brasileira de
sediar a Rio+20 foi aprovada pela Assembléia-Geral das Nações Unidas, em sua
64ª Sessão, em 2009. O objetivo da Conferência é a renovação do compromisso
político com o desenvolvimento sustentável, por meio da avaliação do progresso
e das lacunas na implementação das decisões adotadas pelas principais cúpulas
sobre o assunto e do tratamento de temas novos e emergentes.

A Conferência terá dois temas principais:

–  A economia
verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza; e

– A estrutura institucional para o desenvolvimento
sustentável.

A Rio+20 será composta por três momentos. Nos
primeiros dias, de 13 a 15 de junho, está prevista a III Reunião do Comitê
Preparatório, no qual se reunirão representantes governamentais para negociações
dos documentos a serem adotados na Conferência. Em seguida, entre 16  e 19 de junho, serão programados os Diálogos
para o Desenvolvimento Sustentável. De 20 a 22 de junho, ocorrerá o Segmento de
Alto Nível da Conferência, para o qual é esperada a presença de diversos Chefes
de Estado e de Governo dos países-membros das Nações Unidas.

O envolvimento da sociedade civil por meio de ONG´s
(organizações não governamentais) está forte e será nesses dias de discussões
um fio condutor de discussões polêmicas, principalmente para os países
desenvolvidos. As crises recentes na Economia, problemas sérios na África,
tornarão as discussões mais apimentadas.

Vale a pena acompanhar pelos noticiários as decisões
que venham a ser tomadas e que possam afetar de alguma maneira o nosso
dia-a-dia. O que não podemos é esperar que medidas globais tenham ações locais.
Nosso comportamento como cidadãos deve pautar o cuidado com o meio-ambiente.

Os acordos estabelecidos não devem ser direcionados pelas grandes corporações e nem a favor de seus grupos financeiros.

Pense nisso e bons projetos!

fonte: site da ONU

Painel

Solenidades
de celebração dos 25 anos do Rotary Club Bom Despacho-Arraial:
dentre os diversos eventos em ocasião das bodas de
prata, destacam-se : inauguração do plantio de 25 árvores(Ipês) na Avenida dos
Pequis (Continuação da Av. Dr. Roberto). missa em Ação de Graças na Igreja
Matriz, Lançamento Oficial do Selo Comemorativo , Homenagem da Câmara
Municipal.

 

Impunidade
por atos de tortura está disseminada no Brasil, diz estudo da ONU:
isso se evidencia pelo “fracasso generalizado” na
tentativa de levar os criminosos à Justiça, assim como pela persistência de uma
cultura que aceita os abusos cometidos por funcionários públicos, diz relatório
do Subcomitê de Prevenção da Tortura da ONU. Em setembro, membros do subcomitê
visitaram os estados de Goiás, São Paulo, do Rio de Janeiro e do Espírito Santo
e verificaram as más condições de cadeias e presídios.

 

Governo mudou IOF
porque não há mais excesso de liquidez:

medida foi adotada num momento em que havia muita liquidez no mercado e entrava
muito recurso estrangeiro no país por intermédio desse mecanismo, disse o
ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Opinião do Especialista
Olá, assistimos nesta semana as comemorações do
centenário de Bom Despacho. Isto nos lembra “longevidade”. Levando a idéia
para o lado empresarial temos o seguinte: todos os dias centenas de empresas
são “criadas” e todos os dias centenas são “fechadas”, a maioria com menos de
dois anos de existência. O sucesso, o crescimento e a sobrevivência do
estabelecimento dependerão de várias coisas, entre elas, da equipe de
colaboradores, por isto a importância na escolha de seus comandados. Das mais
simples atribuições até as mais complexas precisamos de pessoas capacitadas,
dedicadas, dispostas. Não escolha por aqueles que aceitam qualquer salário
baixo ou condições inadequadas, mas sim pelos que podem oferecer trabalho com
respeito, dedicação, vontade, desejo de crescer e aprender, compromisso.Na
sua equipe não poderão faltar coordenadores, supervisores ou gerentes que,
acima de tudo, sejam líderes naturais. Que tenham, além do conhecimento
técnico, a habilidade de liderar e comandar pessoas, não usando de força ou
do poder do cargo como imposição para ser obedecido, mas da habilidade de
orientar, elogiar, exigir, motivar e fazer com que o seu grupo atinja as
metas estabelecidas, sempre de forma eficiente, espontânea e prazerosa.Os
gerentes e coordenadores devem administrar a equipe de forma que tudo
funcione bem, mesmo sem a presença deles ou dos proprietários. Todos devem
fazer parte de uma engrenagem que envolve compromisso, respeito, competência,
ética e profissionalismo.Muitas empresas somente funcionam adequadamente
quando o “chefe está perto”, vigiando, mandando, cobrando. Este sistema sai
mais caro, é estressante, propicia trocas constantes de funcionários,
atritos, fofocas, reclamações e muitas outras desvantagens.Faça uma revisão e
avalie seu grupo, sempre é tempo de mudar. Boa sorte!
Fale com o Especialista: Prof. Flávio Pereira da Silva (Candu) (37)9943-9922 / fcrcandu@oi.com.br

Indicadores
Econômicos:

Indicador Valor R$ Fonte / Data de Referência
Leitão
22Kg – a vista
4,00 Chapecó/SC – Agrolink (14/06/12)
Café
Arábica Tipo 6 Duro Sc 60Kg – a vista
370,00 Araguari/MG – Agrolink (14/06/12)
Uva
Fina de Mesa 1Kg – a vista
2,60 Cornélio Procópio/PR – Agrolink (14/06/12)
Moeda 1 EURO R$ 2,60 Banco Central do Brasil (14/06/12)

Alho 1 kg – Goiás – Agrolink 14/06/2012

Frase da Semana: “O Brasil hoje tem uma matriz energética das mais
renováveis do mundo, porque tem na sua composição o etanol. É ele que explica o
mundo se concentrar nos combustíveis fósseis e a gente, não. Enquanto 45% da
matriz energética do Brasil vêm de fontes renováveis, a média mundial é de
11%”, afirmou a presidente a representantes de produtores e trabalhadores
do setor sucro-alcooleiro.

Mais
câmeras pela cidade:
já está em fase de testes uma webcam
na Praça Antônio Leite (Praça São José), foi colaboração do sempre atuante
Vereador Fernando Cabral. Em breve teremos mais, aguardem! Interessados devem
acessar www.senhoradosol.com.br .

Fritada
sertaneja:
cantor vem à cidade, frita ovo, faz
fotos com tietes, o Facebook publica e esposa fica sabendo sobre a amante. Foi
culpa do ovo.

Violência:
metralhadora que dá 9 tiros por segundo e corpo esquartejado em campo de
futebol. Seriam ótimas manchetes para a criminalidade na região metropolitana
de BH, mas tudo isso foi em Bom Despacho. Se não tivermos tolerância zero a
coisa vai piorar.

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta