Quando a gente quer construir uma ideia ou conceito é bastante usual fazer comparações. Começo meu artigo trazendo a seguinte reflexão: um ótimo jogador de futebol será no futuro um bom técnico? Temos bons exemplos como Zico (que treinou times japoneses por muitos anos e tem até uma estátua em sua homenagem) ou contra-exemplos como o Dunga (perder uma copa do mundo deixa mágoa demais nos brasileiros).

A reflexão em si é: um profissional que se destaca como médico e faz bons atendimentos está preparado para assumir a Gerência de um Hospital? O engenheiro que constrói ótimas casas poderia ser o principal responsável dentro da empresa pelas contas a pagar e a receber? Para ambos os casos o administrador de empresas seria o profissional mais indicado. Nada impede do médico se destacar positivamente e o engenheiro trazer prosperidade para a empresa, mas os 2 terão que passar por algum tipo de treinamento e consequentemente por uma acompanhamento profissional.

No caso de prefeituras no interior de Minas é muito comum cargos como Secretário Executivo ou de Assessores serem assumidos por pessoas de confiança do prefeito. Quanto a confiança tudo bem, mas é preciso que o chefe do executivo avalie as competências, boas intenções (o inferno está lotado) podem ser também um tiro no pé.

Observando as atividades típicas de um prefeito podemos perceber que além de bons relacionamentos, governabilidade (é o equivalente a dirigibilidade), altruísmo, ele precisa saber montar o seu time que vai entrar em campo. Essa visão estratégica não se consegue apenas atendendo as suas alianças partidárias. Da mesma forma que um bom profissional é escolhido por currículo e testes dentro das empresas, os secretários e cargos de confiança precisam passar por processo parecido para assim garantirem uma equipe coesa e competente.

Na atualidade as Ciências Administrativas têm se desenvolvido e outras práticas de boa conduta administrativa tem surgido. Uma delas é o Gerenciamento de Projetos, que se tornou até profissão certificada por organismos nacionais e internacionais. Basicamente o que se busca cumprir por meio da Gerência de Projetos é o equilíbrio entre custo, prazo, escopo, interesses dos envolvidos e satisfação do cliente final.

Ao meu ver tanto o prefeito quanto o seu quadro de primeiro escalão deveriam obrigatoriamente passar por uma série de treinamentos com enfoque em gestão de projetos, gestão de pessoas, planejamento e controle, orçamento público, leis e diretrizes do município, lei orgânica do município, políticas sociais e uma série de outras temáticas fundamentais para a construção de um plano de governo em prol dos munícipes.

O Governo Municipal precisa entender que a integração de projetos de cada secretaria será fundamental para que suas ações e objetivos sejam efetivos e alcancem sucesso. Outro ponto é perceber ao redor o que ocorre, os encontros de prefeituras de uma determinada região têm acontecido muito pouco (ou quase nada), isso desfavorece a identidade regional e os planos de crescimento em conjunto.

Não é porque o cidadão é ótimo cantor ou músico que será um bom Secretário da Cultura. Esse cidadão conhece das necessidades, mas não sabe implementá-las. Precisamos de profissionalismo, o amadorismo e achismos não nos leva a lugar algum. O bom oleiro não é aquele que apenas põe a mão na massa, mas que também interage com seus compradores.

Pense nisso e bons projetos !

 

Painel

Premiação Colégio Tiradentes: a estudante Bruna Clemente Gontijo produziu texto sobre a Língua Tabatinga, utilizada pelos escravos no período do ciclo da mineração. Pensando em resgatar esse patrimônio imaterial, a Bruna, de 17 anos, produziu uma redação intitulada ‘Minha cidade: um patrimônio imaterial’. O trabalho de reconhecimento e resgate cultural feito pela estudante do Colégio Tiradentes da cidade, está entre os premiados no ‘5º Concurso de Redação do Senado Federal, Jovem Senador’. A redação conquistou o segundo lugar nacional e o primeiro no estado de Minas Gerais. “A Língua da Tabatinga era muito falada em um bairro pobre de Bom Despacho, que foi o primeiro bairro da cidade. Ela surgiu entre os escravos que vieram fugidos de cidades da região e ficavam aqui. Com o decorrer do tempo, essa língua foi se perdendo. Hoje, são poucos os falantes da Tabatinga. Alguns habitantes apenas arriscam algumas palavras”, comenta Bruna.

 

Bruna com os professores e direção do Colégio Tiradentes. Foto: Evandro, Evandro, 3º Sgt PM

 

 

Opinião do Especialista
Software Livre:para muitos é uma caixa de segredos, para outros é um campo vasto a ser explorado. Quando tratamos do tema Software Livre e Linux, muita gente da área de tecnologia torce o nariz e fica com receio de explorar tal ferramenta. Mas enfim, vale a pena explorar essa tecnologia?A utilização de Softwares livres cresce significativamente e a cada ano e necessita de mais profissionais qualificados. Trata-se de programas de computador cujo código fonte é disponibilizado junto com o software propriamente dito, com a finalidade de ser estudado, modificado  e redistribuído. A grande vantagem dessa tecnologia é que ela é livre de uso e não possui licença.Mas como se qualificar nessa tecnologia? O primeiro passo e o mais importante, é tratar software livre como uma solução e não apenas como opção. Existem ferramentas poderosas que possibilitarão aplicar soluções sem nenhum custo e de quebra, muito seguras.Para quem quiser seguir este caminho, nada melhor que começar pela certificação. Hoje, o mercado exige não só apenas diploma de graduação, pós e conhecimento acadêmico. É fundamental demonstrar seu conhecimento na prática. Sendo assim, para quem quiser dar seus primeiros passos no universo open source e mais especificamente em Linux, sugiro procurar o LPI – Linux Professional Institute. O LPI é uma organização sem fins lucrativos, sediada na Califórnia – USA e constituída em 1999 pela comunidade Linux e desenvolve de forma acessível um programa de certificação em sistemas GNU/Linux reconhecido internacionalmente por empresas, empregadores e profissionais de TI. Vale lembrar que a certificação LPI é uma das mais procuradas no mundo.Para se informar melhor visite o site http://www.lpi-brasil.org/
Fale com o Especialista: Wendell Silva – wendell.silvabd@gmail.com

Alô da semana: quero mandar um grande abraço para a equipe da Casa Bela que trabalha montando móveis fabricados em nossa cidade. Eles são fera, rodam o estado inteiro, principalmente a capital BH.

Semana que vem: Fernando Cabral se consolidou como um combatente ferrenho das atrocidades que ainda acontecem no atual Governo Municipal. Ganhou visibilidade, respeito e suas ações agora guiam ares de esperança. Com a sua ida para o Executivo, quem será o Fernando do Fernando ?

Posts Relacionados

Deixe uma resposta