Primeiro acabaram com as escolas rurais. Em quase todos os povoados do Município de Bom Despacho tínhamos salas de aulas, com infraestrutura de cantina, sala de professores e salas para os alunos assistirem às aulas. Foi tudo demolido ou deixado para acabar com o tempo. O aluno precisou sair da Zona Rural para a cidade.

Já é demorado apanhar um aluno nos bairros mais distantes e leva-lo até a sua escola. A cidade em si já tem um trânsito mais intenso nos horários de início e fim de cada turno. Imagina então morar 20 ou mais quilômetros, pegar uma estrada de chão com bastante poeira (ou lama na época de chuvas) e ter ainda muita disposição para aprender.

 

No último dia 7 de julho, a estudante Tatiane Apolinário publicou no grupo do Facebook RECLAME AQUI, sua indignação pelo fato que o transporte escolar rural seria finalizado a partir de agosto. “Sou estudante do colégio Wilson Lopes do Couto e moro no Engenho do Ribeiro. Vim aqui reclamar sobre um assunto que está me intrigando bastante. Hoje todos os alunos que utilizam o transporte escolar rural receberam um papel que consta que não haverá mais o transporte escolar porque o governo não quer pagar mais pelo transporte. Agora sim vejo que o Brasil não quer investir na educação…” , escreveu Tatiane.

 

A população não se calou, se manifestou. “Antes de xingar em esfera local é bom saber que o problema sempre começa lá em cima!”, comentou Júnior de Souza, professor e diretor de teatro. Dani Souza também contribuiu apoiando a estudante: “Parabéns !! Mandou bem , e não desista dos seus direitos, procure levar essa reclamação diretamente para a administração pois ela tem total fundamento. Mas (sic) olha , não vá sozinha. Uma pessoa só pode não surtir efeito !!”.

 

O que pude constatar é que a responsabilidade do transporte escolar é do Governo de Minas Gerais e o mesmo não tem feito o repasse adequado. Antes de chegar a data derradeira é bom que a população se manifeste e não venham a perder este direito.

O problema é o transporte escolar da rede ESTADUAL.

 

Por lei (Lei de Diretrizes e Bases da Educação), o Município é responsável por transportar os alunos da zona rural que estudam nas escolas MUNICIPAIS. Já o Estado é obrigado a transportar os alunos da zona rural que estudam nas escolas ESTADUAIS.

 

Em Bom Despacho são ao todo mais de 600 alunos transportados, dos quais temos pouco mais de 330 da Rede ESTADUAL.

 

O ESTADO não está cumprindo a parte dele e deixando a conta para o município.

 

Eu pergunto ao Sr. Governador Fernando Pimentel: teremos alunos sem acesso à Rede de Ensino por falta de transporte escolar?

Posts Relacionados

Deixe uma resposta