obra

Esta semana concedi entrevista ao portal de Arquitetura e Engenharia AECweb.com.br , a seguir as perguntas e respostas:

1)    Como pode ser definida a gestão de contratos no setor da construção civil?

RESPOSTA ITALO: A Gestão de Contratos (também conhecida como Administração Contratual) se refere desde o planejamento dos insumos para a obra, seleção dos fornecedores, acompanhamento do processo licitatório, administração dos fornecimentos, inspeção e diligenciamento e encerramento formal das entregas dos itens adquiridos.

2)    Quais são as atribuições do gestor de contratos?

RESPOSTA ITALO: O Gestor de Contratos deverá participar de todas as etapas do processo de aquisição ainda na fase de escolha dos fornecedores, administrar os contratos estabelecidos e finalizar documentando todas as etapas do fornecimento. O Gestor de Contratos é ainda responsável por estabelecer um cronograma de monitoramento e controle das aquisições e agir nos desvios com planos de ação.

3)    Que tipo de formação ele deve ter?

RESPOSTA ITALO: O Gestor de Contratos na Construção Civil pode ter formação primária em Administração, Arquitetura, Engenharia Civil ou de Produção. Cursos voltados para a temática de curta duração são importantes, é importante pós graduação em Gestão de Projetos, temas de Planejamento e também Construção e Montagem.

4)    Quais as principais características de um contrato para o setor construtivo?

RESPOSTA ITALO: Os contratos devem ter explicitamente a característica de serem na condição do ganha-ganha para as partes, devem conter clareza nas suas cláusulas, anexos para dar suporte ao entendimento do escopo e regras para resolução de impasses ou reivindicações.

5)    Como elaborar um contrato que seja bom para o FORNECEDOR e para o contratante? Quais as principais cláusulas?

RESPOSTA ITALO: A relação entre fornecedor e contratante precisa ser recoberta de profissionalismo e o contrato é o instrumento legal para que isso possa ocorrer. O contrato para ter a característica de bom para ambas as partes ele deve ser composto por uma terminologia clara e respaldado pelos setores jurídicos dos envolvidos. Cláusulas como escopo, fora do escopo, limite de bateria (restrições), premissas e condições para resolução de pleitos devem estar presentes na documentação contratual.

6)    O gestor pode auxiliar na elaboração dos contratos?

RESPOSTA ITALO: O gestor deverá auxiliar com sua experiência, avaliar como foram fornecimentos anteriores, certifica-se que o serviço ou produto fim do contrato esteja bem explícito no seu texto principal ou anexos.

7)    Quais informações ele precisa ter sobre o projeto para a elaboração do contrato

RESPOSTA ITALO: Para apoiar adequadamente na escolha dos fornecedores, posteriormente na elaboração e condução do contrato, o Gestor precisa ter conhecimento do projeto, seus documentos de engenharia (plantas, diagramas, listas de materiais, etc) e de planejamento (cronogramas, organogramas, mapa de riscos, etc). Estando alimentado de informações completas, o Gestor poderá apoiar na elaboração do contrato sempre apoiado do setor jurídico de sua empresa.

8)    Como garantir o equilíbrio entre as partes FORNECEDOR X CONTRATANTE ?

RESPOSTA ITALO: O equilíbrio físico-financeiro do contrato é estabelecido bem antes de seu início. É necessário uma análise de 2 fatores importantes: a capacidade de construção e fornecimento da empresa fornecedora (o termo para isso é Construtibilidade) e segundo a capacidade de execução (seja financeira ou técnica). Após essa análise e o sinal verde dado para início ou continuidade, o Gestor precisa estar presente na obra para que o plano estabelecido se cumpra e haja o equilíbrio da relação ganha-ganha.

9)    Contrato assinado, qual é a atuação do gestor?

RESPOSTA ITALO: Presença constante para acompanhar o fornecimento, seja na empresa do fornecedor contratado, na obra ou em terceiros envolvidos. Monitorar e controlar por meio de relatórios de follow up, inspeção e diligenciamento. Encontrando algum desvio um plano de ação coerente e realista deverá ser estabelecido e acompanhado.

10)  Ele acompanha o desenvolvimento da obra? Faz uma espécie diário de bordo?

RESPOSTA ITALO: Para acompanhar a obra o Gestor deve solicitar diariamente ou no máximo por semana o RDO – Relatório de Obra ou também chamado Relatório Diário de Obra. Esse documento deverá ser composto por informações básicas como condições climáticas, número de profissionais e equipamentos envolvidos, ocorrências e desvios do dia, plano de ataque da semana, frentes futuras e fotografias, muitas e sempre com legenda e explicação.

11) Existe algum formulário base a ser seguido?

RESPOSTA ITALO: O RDO é instrumento certo para acompanhar a obra e dar suporte nas decisões.

12) Caso o contrato não esteja sendo seguido, qual deve ser a atuação do gestor? Rompe o contrato? Comunica as partes envolvidas? Entra na justiça?

RESPOSTA ITALO: O contrato não sendo seguido deverá ser aberta o RNC – Relatório de Não Conformidade – assim se evidenciará o desvio ou o descumprimento, a correção necessária e o prazo. O RNC irá comunicar as partes envolvidas (obra, escritório, setor de produção do fornecedor, etc) o que está ocorrendo no fornecimento e que se encontra fora dos projetos de Engenharia ou das cláusulas contratuais. Reuniões deverão ser estabelecidas e o clima amistoso deverá prevalecer. Não havendo interesse da empresa fornecedora em atender e resolver a não conformidade, a empresa contratante deverá executar as cláusulas contratuais pelos meios legais e exigir que se cumpra o que fora contratado inicialmente. È comum se utilizarem de Câmaras de Arbitragem no lugar da justiça comum (lenta e despreparada). Essas câmaras têm profissionais das áreas envolvidas que atuam independentes como especialistas e peritos nos temas controversos.

13)  Em caso de controvérsias, como deve ser a atuação do gestor de contratos?

RESPOSTA ITALO: Primeiro passo é compreender qual desvio ocorreu, o que está sendo reivindicado, as causas e conseqüências desse problema instaurado (e se realmente existe). O Gestor de contratos deve evitar fazer uso de pré-conceitos, informações insipientes ou muito rasas, deve sempre tratar com fatos argumentados e reais para que a análise seja feita e decisões possam ser tomadas de forma coerente e responsável.

14) Existe a possibilidade de o cliente/investidor, terceirizar a responsabilidade de riscos do contrato (prazo, qualidade e custos) para o gestor de contratos? Caso positivo, como isso funciona na prática? Quais as vantagens de desvantagens?

RESPOSTA ITALO: Em se tratando dos riscos financeiros, a empresa contratante pode requerer do seu fornecedor que seguros garantia ou cartas fiança possam ser parte do contrato principal e marcos contratuais. Quanto a Prazo e Qualidade fica quase impossível terceirizar a responsabilidade, o que poderá ser estabelecido é um sistema de bônus para a empresa fornecedora no caso de terminar a obra mais cedo ou fornecer na qualidade esperada dentro de custos e prazos estabelecidos entre as partes. A principal desvantagem é quando se envolvem empresas que nunca antes se relacionaram e metas quase impossíveis são estabelecidas, acaba sendo uma ameaça ao sucesso do empreendimento.

Painel

#fotobd

ponte

Local: Ponte no Rio São Francisco entre Bom Despacho e Dores do Indaiá

Fotógrafo: Gilberto Coimbra. “Usei uma câmara Sony, DSC-150, sou administrador, natural de Bom Despacho e residente em BH. Sou estudante da pós graduação no IETEC em Engenharia Ambiental Integrada e trabalho na Eletrobrás Furnas.”

Boleka avança em concurso de Música: foi o Prêmio de Música das Minas Gerais, produzido pela Produtora Ampliar (BH). A premiação foi divulgada na última segunda (15), dentre 400 inscritos foram escolhidas 15 músicas de Minas e dessas 15 Boleka está com a sua produção. Esta classificação faz parte da 1ª Etapa do Concurso. O resultado será apresentado em Diamantina, dia 27 de julho, aniversário do Boleka, na praça do Mercado Velho.

Jeitinho Brasileiro – Boleka de Mesquita
SORRIA…. É PRECISO QUE A GENTE FAÇA ESTE SACRIFÍCIO
APESAR DE TANTA FARSA POR AÍ
APESAR DA DESILUSÃO DO MEU BRASIL

O RISO NÃO É MAIS ESPONTÂNEO
O RISO É SÓ POR ENGANO
COM TANTA VIOLÊNCIA NA MORAL DO MEU PAÍS

SORRIA…. FAÇA DE CONTA QUE NÃO FOI COM VOCÊ
APESAR DE TANTA CHACOTA POR AÍ
APESAR DE PROMESSAS PLÚMBEAS QUE A GENTE VIU

O RISO TRISTE DO PALHAÇO BRASILEIRO
O RISO FALSO DA NOVELA NA TV
O BRILHO DO CARRO NOVO QUE A CHEVROLET QUER LHE VENDER

ENTÃO VÊ SE LIGA… DÁ UMA OLHADA EM SEU PAÍS TROPICAL
A CONTA QUE DEIXARAM NO PREGO MUNDIAL
AQUI NENHUM DELES SE DEU MAL

O ROMBO DO BANQUEIRO… …ACABA EM TOM FESTEIRO
LAVAGEM DE DINHEIRO, NEGÓCIO NO ESTRANGEIRO
NO BANCO DA SUÍÇA, PASSAGEM NA POLÍCIA

[ Introd – Volta tudo ]

E VIVA O RISO BRASILEIRO
QUE É ENGANADO O ANO INTEIRO
E LEVA A VIDA SEM MALDADE

…E VIVA O RISO BRASILEIRO!

Direto do Túnel do Tempo:

1017678_551396538261177_1396433162_n

Parte do texto ” Sonhe e realize, pois você é capaz”, Jornal de Negócios, 11/11/2000

Posts Relacionados

3 thoughts on “Perguntas e respostas sobre Gestão de Obras na Construção Civil

  1. Meu telhado é de eternos, mesmo com forro tá passando muito calor, se eu fizer uma estrutura simples com palets amarrado e colocado a sobre o telhado sera q ajuda? Quais seriam os pontos negativos

    1. olá Márcia, obrigado pela pergunta. Primeiro você precisa chamar alguém que conheça bem de telhados para avaliar se a estrutura irá resistir a peso extra (seja com os paletes ou outra solução). Sobre o uso de paletes, é preciso inserir plantas e uma forma de mante-las sempre irrigadas adequadamente. Não deixe de consultar um engenheiro sempre.

Deixe uma resposta