(Agradeço ao Lúcio Emílio do Espírito Santo Jr o título de Filósofo Corporativo. Amém!)

Texto de Opinião

Quando leio revistas ou artigos voltados para gestão da carreira, estou falando dessas que encontramos nas bancas de revistas, a primeira sensação que me vem é que estou para trás (ou atrasado) em alguma coisa. Esses dias de manhã uma professora de RH disse no jornal matinal que deveremos (com um sim bem veemente) aprender Mandarim (a língua que se fala na China). Vejam bem, o mundo inteiro usa o Inglês como idioma para as transações comerciais, uma mudança assim tão radical penso que vai demorar mais tempo, talvez na minha aposentadoria veja algo parecido acontecer.

Voltando às visões (quase alucinadas) vendidas pelas revistas sobre carreiras (para ser bem claro, estou falando de VOCÊ SA e companhia), onde que está a sobriedade de um editor em medir o que é apresentado como informação. Pior ainda, fazer previsão com o humanamente improvável até eu. Vou prever por exemplo que daqui a 2 anos todos que tiverem apenas curso superior não estarão evidentes no mercado de trabalho. Ora bolas, o médico apenas com o curso básico, o advogado apenas com a aprovação no exame da Ordem, o engenheiro apenas com seu CREA, não terão mais trabalho. Tem algo de errado por aí.

Uma coisa é certa: saber se relacionar com os colegas de trabalho é fundamental e será fundamental. Sem isso como vamos trocar informações e conhecimentos (saberes) adequadamente ? O trabalho de uma pessoa é entrada para o trabalho de outra, ou os dois fazem juntos para um terceiro receber e dar continuidade. Pois bem, o giro rápido de funcionários nas empresas, seja trocando de cargos ou mudando de empresas, tem prejudicado a fixação de um saber comum. Como irão se dar bem os Filósofos Corporativos?

Pensar é importante, avaliar o que está acontecendo e para onde tudo tende a seguir é quase um dom sobrenatural. Por falar em sobrenatural, entender os egos de empresários é algo para outro mundo.

Pense nisso e bons projetos!

Painel

 100 anos Bom Despacho: pão e circo para distrair o povo, pelo menos a data não vai passar em branco, shows com camarote (?) e tudo estão por vir. Parabéns às entidades civis pelos eventos já realizados e também às escolas públicas que estão se esforçando para fazer um belo desfile. As festas continuam até o final do ano, vamos continuar comemorando? Afinal é nossa cidade e onde vivemos, por isso queremos o bem do lugar.

 Greve em escolas federais de curso superior: vem aí mais uma angústia para os alunos. A greve é um direito dos trabalhadores, mas não seria melhor um sindicato forte e alinhado com as propostas e exigências dos professores para lutar por remuneração digna?

100 anos Divinópolis: “Chegou a hora! Ah o centenário… Sonhado e aguardado por tantas gerações, quis o destino que tivéssemos o privilégio de vivê-lo e fazê-lo…” É assim que se abre o site da Prefeitura de Divinópolis sobre o seu centenário, confesso que deu uma pitada de inveja e ao mesmo tempo tristeza, por ver em nossa municipalidade uma falta de visão e carinho com a cidade. Isso são os fortes traços portugueses que ainda perduram por aqui: vir para explorar, explorar, depois pedir a Santa perdão para voltar para terras europeias! Vai entender.

Centenário em Outras Cidades Mineiras: Paraopeba e Pedra Azul, também se emanciparam em 1912.

Enem 2012 garante acesso à redação corrigida, mas não permitirá recursos: pela primeira vez, os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão ter acesso às redações corrigidas. Mas o candidato não poderá entrar com recurso contra a nota obtida. O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse que o objetivo das mudanças é evitar a “judicialização” do Enem, como ocorreu em 2011.

Parceria promove o desenvolvimento de pequenos empreendimentos nos dois países: o Sebrae e o governo da Região de Marche (Itália) assinaram, nesta terça-feira (22), durante o Fórum Econômico Brasil-Itália, em São Paulo, uma carta de intenções para estender a cooperação entre os dois países dentro do projeto Redes de Serviços Tecnológicos. Um dos objetivos da iniciativa é aumentar a competitividade das micro e pequenas empresas (MPE) brasileiras a partir da experiência italiana.

MMA com sotaque dorense: Rousimar Palhares, ou simplesmente Toquinho, nasceu em Dores do Indaiá e atualmente é uma das figuras expoentes do esporte. Recentemente apareceu no programa da Globo, um reality show que foi feito para promover o MMA no Brasil.

Fotos antigas de BD: acho muito pertinente a divulgação de fotos de Bom Despacho do passado e atuais, mas vale a pena lembrar do respeito com os fotógrafos que teve o trabalho de fazê-las. Tem muita gente divulgando pelas redes sociais e por e-mails, mas vamos buscar valorizar quem as fez.

Frase da semana:  “Governar o País é agir como se fosse uma mãe, e a mãe é o ser mais justo, tem muito mais sensibilidade política, uma leveza na compreensão das coisas e consegue enxergar coisas que o homem não consegue”. Disse Lula, ao afirmar em entrevista que Dilma está fazendo diferença no comando do País

Opinião do Especialista 
Comentei anteriormente sobre a importância de o empresário conhecer a sua clientela, o mercado e sua movimentação. Pois bem o recente levantamento do “Data Popular” mostrou que mais da metade da população do Brasil, com 104,1 milhões de pessoas, está na classe “C”, e são estas que tem sustentado a economia do país, viajando mais, comprando mais carros, roupas, eletrodomésticos, mais celulares, computadores e imóveis. Esta classe quer cartão de crédito, carteira de trabalho e curso profissionalizante. Ela tem R$ 1,03 trilhão para gastar e quer coisas boas, pois são pessoas que dão valor ao dinheiro. Além disto, a classe média nunca viajou tanto, tem gastado mais com educação porque está transferindo os filhos para escolas particulares e entrando na faculdade.É a classe com mulheres que têm menos filhos e que vão à universidade. Demanda segurança, previdência privada e plano de saúde. Daí amigos, fica mais do que claro que para ter sucesso com esse público é preciso prestar um serviço de qualidade, com preço razoável e que atenda às suas expectativas. Se você está direcionado a este público, já sabe o que fazer para estar no caminho certo?  Então Boa sorte!
 Fale com o Especialista: Prof. Flávio Pereira da Silva (Candu) (37)9943-9922 / fcrcandu@oi.com.br

Indicadores Econômicos:

 Indicador  Valor R$  Fonte / Data de Referência
Manga Haden Produtor 1Kg – a vista  1,50  Bocaiúva/MG – Agrolink (24/05/12)
Boi Gordo 15Kg – a vista  88,00 Patrocínio/MG – Agrolink (24/05/12)
Batata Padrão Agata Especial Atacado Sc 50Kg – avista  38,33 Belo Horizonte/MG – Agrolink (24/05/12)
 Moeda 1 EURO  R$2,54  Banco Central do Brasil (24/05/12)

Laranja Baia Caixa 40.8 kg – SP – Agrolink (24/05/2012)

Mais um no trânsito: hoje (quinta, dia 24) faleceu mais uma pessoa no trânsito maluco e irresponsável de BD, quanto vale a vida?

Foram 100 idéias: o tempo passou e chegamos ao final do quadro com 100 Soluções para o centenário da cidade. Na próxima edição vou estrear outro quadro, mais divertido e quem sabe mais participativo. Até lá!

Posts Relacionados

One thought on “Filosofia Corporativa: o saber comum nas empresas

  1. Oi, Ítalo. Te perguntar…tem uma amiga querendo entrar na academia de letras de bondes…mas ela diz que detesta literatura. Isso é obstáculo? Pergunte para eles lá…abs!

Deixe uma resposta