‘’Eu quero hoje ser melhor do que ontem e amanhã melhor do que hoje; nunca estarei satisfeito, sempre em busca da evolução’, com essaa frase de Abílio Diniz sempre em mente, o jovem engenheiro e empreendedor Marcos Augusto de Castro, 28, bondespachense, vem administrando sua construtora.

Aproveitei o início do ano e a retomada de projetos para fazer uma entrevista. Marcos Augusto é formado em Engenharia Civil. Antes estudou no Colégio Tiradentes, filho de militar e de professora, teve em casa a formação ética e moral para encarar os desafios da Engenharia e do Empreendedorismo. Atualmente está finalizando MBA em Gerenciamento de Projetos na FGV em Belo Horizonte.

Ítalo: Como surgiu a ideia de empreender? O que tem feito para melhorar o seu trabalho como gestor?

Marcos: A ideia surgiu devido ao aquecimento do mercado da época e com o desejo de “tocar” negócios próprios e trilhar uma carreira. Porém, confesso que essa ação, naquele momento, foi muito precipitada e não era o momento adequado. A economia ‘’pedia’’, mas eu não estava preparado o suficiente, tanto no que tange a questões técnicas quanto em assuntos relacionados a gestão empresarial e comercial. Arrependo? Não, jamais arrependi. Custou caro? Muito, porém, foi de grande valia e foi um momento de extrema aprendizagem, proporcionando a oportunidade de atrelar TEORIA x PRÁTICA (ACADÊMICO x DIA-A-DIA), acumulando na “bagagem” as experiências que nos fazem crescer e nos ajuda a minimizar erros.

Para melhorar o trabalho como gestor, carrego no meu dia-a-dia a técnica de melhoramento contínuo, e tento passar a todos os colaboradores a importância de sempre buscar desenvolver, crescer, buscar novas metodologias, novos conceitos, aguçar para senso-critico, sempre com intuito de otimizar tempo e minimizar custos, entregando assim aos nossos clientes, produtos/serviços com qualidade, baixo custo e prazo de acordo com o cronograma acordado.

Assim, considero ser importante, como ferramentas/maneiras para melhorar como gestor: buscar conhecimentos e colocá-los em prática, sempre, com olhar crítico; ‘sugar’ tudo  que a era da tecnologia tem para nos oferecer, visando otimização de tempo, facilidade em comunicação e redução de custos; e buscar opiniões e visões especializadas (profissionais com maior grau de experiência).

Eng. Marcos Augusto Castro em uma das suas obras

Ítalo: Quais os desafios do dia-a-dia da construção civil no atual cenário? Existem perspectivas de melhora?

Marcos: Noto três pontos que considero como desafiadores: 1- excesso de burocracia por parte de órgãos governamentais; 2- desconfiança por parte de investidores quanto ao reaquecimento da economia; 3- busca por aperfeiçoamento e qualificação dos profissionais do setor.

O mercado está se reestruturando após anos de grande recessão econômica e crise política, e acredito que 2019 será um ano de crescimento, ainda que tímido.

Vejo como oportunidade o atual cenário para aqueles profissionais e empresas que buscaram aperfeiçoamento, novos processos e métodos, e utilizaram da criatividade como ‘solucionador de problemas’, e estes vão colher bons frutos a curto-médio prazo. Quando o mercado é favorável e o profissional está preparado, o resultado não será outro, a não ser scucesso. Inclusive, destaco que na última quarta-feira (13/02/2019), a Cbic – Câmara Brasileira da Indústria da Construção apresentou aos parlamentares um plano que visa a retomada de 4.738 obras que estão paralisadas em todo o Brasil, e estima-se que com a continuidade dessas obras podem ser criados 1 milhão de empregos.

Ítalo: Para um jovem estudante de engenharia começando seus estudos, o que sua experiência diria a ele? Quais conselhos você daria?

Marcos: Em um primeiro momento, não se preocupe com salário. Preocupe em adquirir conhecimentos, experiências e boas práticas. Busque semear boas sementes e cultivá-las dia após dia, a colheita de bons frutos será gradativa e acontecerá de forma natural.

Ítalo: Deixo livre aqui para uma Mensagem Final

Marcos: Agradeço o convite do Jornal de Negócios e a oportunidade de transmitir um pouquinho daquilo que vivenciei e vivo no mercado da Construção Civil. E aproveito a oportunidade para abrir as portas da nossa empresa, para possíveis e futuros colaboradores, parceiros, investidores e clientes. A construtora atua em obras de edificações civis e estruturas metálicas, em todas as fases do empreendimento. Será uma grande alegria para toda nossa equipe atender as necessidades do mercado de Bom Despacho e regional.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta