2009: Ano Internacional da Astronomia, dos Gorilas e da França no Brasil

 

O ano de 2009 celebrará a astronomia e suas contrições para a sociedade e a cultura globais. Destacará os méritos da ciência e seus métodos. As Nações Unidas elegeram 2009 o Ano Internacional da Astronomia (IYA 2009), e designou a UNESCO a agência líder nas comemorações. A União Astronômica Internacional (IAU) atuará na implementação das atividades desta celebração mundial.

 

Com o tema “O Universo a ser descoberto por você”, o Ano quer estimular o interesse, especialmente junto ao público jovem, nos temas da astronomia e ciência. Até agora 99 nações e 14 organizações já decidiram contribuir com o IYA 2009.

 

O Centro do Patrimônio Mundial da UNESCO, em cooperação com a União Astronômica Internacional, dará prosseguimento à iniciativa “Astronomia e Patrimônio Mundial”, lançada em 2003, cujo objetivo é promover a nomeação de patrimônios culturais ligados à astronomia.

 

Em nossa cidade, um dos amantes dessa ciência é o médico Washington Luiz de Oliveira. Além de suas atividades na Medicina, o Dr. Washington é conhecedor profissional das cartas celestes, chegou a construir em sua casa um observatório contendo telescópio e cúpula para observação.

 

Maiores informações no site www.astronomy2009.org.

 

2009 também será o ANO DOS GORILAS: as Nações Unidas se esforça para levantar fundos para a proteção dos primatas ameaçados de extinção devido a doenças (inclusive Ebola), o desmatamento, o conflito armado e à caça por sua carne ou para torná-los animais de estimação.

 

Em 1º. de dezembro de 2008, em Roma, durante a Convenção das Nações Unidas sobre a Conservação de Espécies Migratórias de Animais Silvestres, foi declarado o ano de 2009 como o Ano do Gorila, com a ajuda do Príncipe Albert II de Mônaco e representantes governamentais de mais de 100 países, que se reuniram para discutir sobre o aumento significante de quase 30 espécies silvestres ameaçadas de extinção por causa da poluição, da mudança climática e da caça predatória exagerada.

 

A França já está presente no Brasil através de uma programação cultural e de cooperação de qualidade. O Ano da França no Brasil visa, portanto aperfeiçoar e consolidar esta presença valorizando a competência e o know-how da França contemporânea, elementos sobre os quais deve se fundamentar a nova parceria estratégica franco-brasileira. Dentro desse espírito, a programação, que envolve todos os setores da nossa cooperação, é construída pelos dois comissariados em torno de três eixos:

 

  a França hoje : criação artística, inovação tecnológica ; pesquisa científica ; debate de idéias ; dinamismo econômico.

  a França diversa : diversidade do know-how ; diversidade regional ; diversidade sócio-cultural.

  a França aberta : busca de parcerias franco-brasileiras que devem inspirar os projetos ; parcerias franco-brasileiras com outros países do mundo (África, Caribe, América Latina).

 

O Ano envolve as principais cidades brasileiras e atinge todos os públicos. Está prevista a organização de manifestações itinerantes e de alguns grandes eventos populares, especialmente para as cerimônias de abertura. As cooperações descentralizadas entre regiões francesas e brasileiras são mobilizadas neste sentido. Enfim, a organização de uma campanha de comunicação bem secundada pela mídia brasileira permite conferir a visibilidade necessária ao Ano.

 

Rápidas & Rasteiras:

Comissão para o centenário: no dia 1º de junho de 2012, daqui a 3 anos e meio, nossa cidade irá completar 100 anos de emancipação como município do Estado de Minas Gerais. Desde já faz-se necessário a criação de comissão que reúna o comércio, grupos religiosos, governo Municipal, Câmara Municipal, escola, enfim, a responsabilidade de uma bela festa é de toda a comunidade.

Vereadores elegem o novo presidente da Câmara: dia 1º de janeiro, na primeira seção solene da Câmara, o vereador Marcelão foi empossado como o 17º presidente dessa casa. A ele desejo muita serenidade e dedicação para tratar dos assuntos do município.

Pesquisa de descendente dos alemães: o alemão Jurgen Rudiger está fazendo uma intensa pesquisa sobre a Colônia dos Alemães. Recentemente recebi um e-mail com algumas questões que gostaria de contar com os meus leitores, ajudando-me com as respostas: São elas:

1-     Quais são as datas das chegadas das primeiras famílias ?

2-     Quando foi construído o casarão da Fazenda Colônia ?

3-     Como funcionava a escola na Colônia David Campista ? Era uma escola alemã ?

4-     Existem documentos daquela época registrando o dia-a-dia dos imigrantes ?

Respostas podem ser enviadas (em português) diretamente para o Jurgen, no e-mail jurgen.rudiger@gmail.com.

BD na GloboNews: recentemente a Igreja da Matriz foi eleita como uma das vencedoras do concuro “Melhor de Minas”, com 97% dos votos da nossa região. O Programa ViaBrasil da GloboNews, canal pago da Rede Globo, exibiu reportagem no dia 01 de janeiro, com a participação de moradores da cidade, inclusive o Professor Tadeu Araújo, colunista do JORNAL DE NEGÓCIOS e apoiador do Museu da Cidade.

 

Ítalo Coutinho é Professor do Curso de Gestão Empresarial da UNIPAC, contatos para essa coluna pelo e-mail engenharia@saletto.com.br .

Posts Relacionados

Deixe uma resposta