Coincidentemente ou não, a homilia da última missa trazia o Evangelho onde Jesus questionava a forma como os crimes e abusos eram tratados. O Cristo chega a sugerir que ao recebermos um tapa em uma das faces que ofereçamos a outra. Mas será que o pensamento olho por olho, dente por dente, ainda resiste entre nós?

Mês passado no Rio um garoto foi preso a um poste utilizando-se de uma corrente e cadeado para prender bicicleta. O jovem, menor de 18 anos, havia cometido crimes nas redondezas e um grupo de justiceiros decidiu prendê-lo depois de uma sessão de espancamento. Dias depois o garoto foi preso novamente furtando no mesmo bairro.

Negro-amarrado-a-poste

Garoto no RJ – foto: Portal G1

Um rapaz suspeito de furto teria sido amarrado em poste no bairro Santo Antônio, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, nesta quarta-feira (26). A Polícia Militar confirmou que recebeu chamado informando que um homem estaria preso à estrutura de cimento, que fica na esquina entre as ruas Marquês de Paranaguá e João de Freitas. No entanto, ao chegarem ao local, os militares não encontraram o jovem. Como a suposta vítima do furto não deu queixa, nenhuma ocorrência foi registrada.

1899975_668547709857932_1860753798_n

Homem preso a poste em BH – Divulgação Twitter

Depois de vermos esses dois casos podemos pensar que os meios justificam os fins. Que ao realizarmos essas barbáries outros não irão se encorajar a fazer pequenos delitos no dia a dia das cidades. Pois bem, diversos sociólogos foram a TV, rádio e jornais para demonstrar que não é bem assim. Para eles violência e intolerância geram mais violência grave a beira de guerra civil.

Por mais difícil que possa parecer mas ainda o melhor caminho é o caminho certo e a retidão de nossas atitudes. Somente quem passa por situações extremas de violência é que podem nos dizer a dor da perda de algum ente querido, de um bem que foi conseguido com muito esforço ou cicatrizes e sequelas da agressão. Mas ao meu ver é necessário um Estado forte e intolerante para esses crimes e que tenha rapidez e firmeza para julgar os infratores.

Definitivamente bandido bom não é bandido morto.

Pense nisso e bom Carnaval!

 Painel

Prefeitura round 1: prefeito Fernando Cabral para o Portal G1 comentou as demissões de 19 servidores da limpeza pública, que segundo ele fazem parte de um processo gradativo de terceirização desses serviços no município. “De imediato foram demitidos 19, mas essa terceirização será realizada também na parte de capina, varrição e limpeza pública. Ainda devem ser demitidos cerca de 80 profissionais que eram contratados”, explicou. Em geral são pais de família com até dificuldades de ler e escrever. O que houve Cabral?

1625605_251053215066664_1990987394_n

Ás vésperas do Carnaval Bom de Folia, ruas lotadas de lixo esperando a limpeza pública -Foto: Facebook

Prefeitura round 2: está aberto o processo de concurso público para diversas vagas na Prefeitura, uma delas é para Técnico Nível Superior – Engenheiro Civil, que pede Ensino Superior Completo e Registro no Conselho de Classe e salário de R$1.675,52. Segundo o CREA-MG (conselho de classe) o piso para engenheiro que trabalha 8 horas diárias ou 40 horas semanais é de 8,5 salários mínimos, o que mostra incoerência com o salário apresentado pela Prefeitura de BD (mesmo o cargo na Prefeitura sendo de apenas 20 horas semanais de trabalho).

Semana Municipal do Rotaract: conforme a Lei Municipal 2.282/ 2012, projeto apresentado pelo Vereador Ricardo Alvarenga, inicia-se no próximo dia 7 de março uma série de atividades a serem promovidas pelo jovens rotaractianos.

Café com Leite: dia 02/03, domingo de Carnaval, o maior Bloco Carnavalesco e o mais animado de BD se apresenta na Praça São José. Todos estão convidados e vamos fazer um Carnaval das antigas, com família, amigos e muita diversão!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta